Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Grupo Renault quer ecossistema elétrico inteligente na Madeira


Esta nova iniciativa inscreve-se na continuidade do programa Smart Fossil Free Island, em curso desde fevereiro de 2018, e que teve início na ilha de Porto Santo, no arquipélago da Madeira. Durante 24 meses, o Grupo Renault e os seus parceiros públicos e privados vão desenvolver um ecossistema elétrico inteligente que visa reduzir a pegada de carbono e promover a independência energética da ilha. 

«O nosso objetivo com este inovador projeto é idêntico ao que temos para a ilha de Porto Santo: conceber soluções globais, através de tecnologias já existentes e outras que estão a ser desenvolvidas, para responder a necessidades locais. Aquilo que vamos realizar em Belle-Île-en-Mer é replicável noutras ilhas, mas, também, a outra escala, como bairros ou mesmo cidades.» declara Gilles Normand, Diretor do grupo Renault. 

Frédéric Le Gars, Presidente da municipalidade de Belle-Île-en-Mer, acrescenta: «Quando a Morbihan Energies nos apresentou o projeto, tornou-se evidente que devíamos, em conjunto e com o Grupo Renaullt, estar no centro da construção de um novo ecossistema para a mobilidade sustentável.» 

Já a partir de 2019, os residentes e os visitantes de Belle-Île-en-Mer poderão recorrer a uma frota de veículos elétricos, Renault ZOE and Kangoo Z.E que estarão à disposição para aluguer em serviço livre.Esta oferta integra-se na visão do Grupo Renault para desenvolver a mobilidade sustentável que passa, nomeadamente, pelo desenvolvimento de novos serviços de mobilidade partilhada. 

Este novo serviço de partilha irá aproveitar os excedentes da energia produzida pelos painéis solares instalados nos principais edifícios públicos. «Com o sistema de carregamento inteligente poderemos iniciar o carregamento dos automóveis apenas na altura em que a energia produzida pelos painéis é superior à consumida», precisa Gilles Normand. Ao priorizar o recurso a energias renováveis produzidas localmente, o FlexMob’Île oferece aos atores econômicos locais a promessa de maior flexibilidade e de substanciais economias. 

O Grupo Renault vai fornecer ao principal hotel da ilha baterias de segunda vida, oriundas dos seus automóveis elétricos, que irão permitir armazenar a eletricidade produzida durante o dia pelos painéis solares e que será restituída, durante a noite, para as necessidades do hotel.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável


PostagemGrupo Renault quer ecossistema elétrico inteligente na Madeira 

Publicado no Verdesobrerodas



Por Auto News conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário