Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Ferrari Purosangue híbrido está mais próximo do mercado


O aguardado crossover da Ferrari se chamará Purosangue e está confirmado para o final de 2022, revelou a marca italiana em sua apresentação estratégica para os próximos cinco anos. Alguns chamam o carro de SUV, mas Louis Carey Camilleri, novo CEO da fabricante, vai reclamar bastante. "Esta palavra, eu não quero ouvi-la na mesma frase que Ferrari," disse o executivo durante a apresentação.
Camilleri deu alguns detalhes sobre a Ferrari Purosangue. Os clientes poderão escolher uma versão normal com motor a combustão ou uma variante híbrida. Será o primeiro carro da marca com quatro portas, embora tenha design inspirado em cupê. Em termos de porte, a máquina não será tão grande quanto o Lamborghini Urus. 


A Purosangue irá utilizar a nova plataforma da Ferrari com motor central-dianteiro. Esta construção coloca o motor atrás das rodas dianteiras, enquanto a transmissão de dupla embreagem ficará na traseira, para melhorar a distribuição de peso. A arquitetura permite o uso de um sistema de tração nas quatro rodas, enquanto os modelos híbridos transmitirão a força extra do motor elétrico para as rodas traseiras.

Com altura elevada em relação ao solo, o crossover de quatro portas será um ponto de mudança nos 71 anos da marca. Segundo Camilleri, o Purosangue era defendido por Sergio Marchionne, ex-CEO da marca que faleceu recentemente, pois seria uma forma de responder às mudanças de gosto dos clientes, principalmente na China. Ele acreditava que iria aumentar as vendas e o lucro da Ferrari, elevando o volume anual da fabricante para mais de 10 mil carros por ano pela primeira vez.

Durante a apresentação, Camilleri admitiu que estava cético sobre a Ferrari entrar no segmento de crossovers e SUVs. No entanto, os esboços do design o convenceram de que a ideia poderia dar certo e agora ele apoia o projeto. Sem falar no rival Urus, claro...

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemFerrari Purosangue híbrido está mais próximo do mercado

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor1 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário