Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Competição 24 Horas de Le Mans terá carros movidos a hidrogênio


Embora sejam o palco ideal para experimentar novas tecnologias, as corridas de automóveis também são mal vistas do ponto de vista ecológico, pois colocam automóveis a consumir combustível, circulando a alta velocidade, ao mesmo tempo que emitem níveis de ruído superiores aos encontrados numa estrada aberta ao público. Mas isso poderá mudar em breve, pois as 24 Horas de Le Mans vão criar uma classe para carros movidos a hidrogênio, a começar em 2024, com o projeto Mission H24.

Atualmente, já temos os carros elétricos da Fórmula E, monolugares parecidos com as da Fórmula 1, mas equipados com baterias e motores elétricos, muito mais silenciosos e livres de emissões poluentes. No entanto, estes carros só são eficazes em corridas curtas, com menos de uma hora, e não podem ser usados com a mesma eficiência em provas de longa duração, como as 24 Horas de Le Mans. Não só não têm uma autonomia capaz, como não podem recarregar rapidamente as baterias.

A alternativa poderá ser o hidrogênio e a célula de combustível. Estas resolvem o problema do carregamento rápido, e continuam a ser livres de poluição, produzindo apenas vapor de água. O projeto Mission H24 está a ser conduzido pelo ACO, órgão responsável pela organização da corrida de 24 horas, em conjunto com a GreenGT. A empresa francesa criou um protótipo para participar como convidado na prova de 2013, mas o carro não ficou pronto a tempo e nunca foi estrado em competição.

Mesmo assim, o ACO e a GreenGT não podiam deixar essa experiência simplesmente morrer. E com marcas como a Hyundai e Honda interessadas em desenvolver esta tecnologia, a organização da prova francesa está agora a desenvolver um protótipo, que fez a sua estreia pública com uma volta de demonstração em Spa-Francorchamps, na Bélgica.

O GreenGT da Mission H24 está equipado com quatro células de combustível, pesando 1420 kg, mas o motor elétrico está preparado para atingir 480 kW (650 cv) de potência. A água gerada pela “queima” do hidrogênio vai ser vendida como garrafas de água, em edição limitada. Embora a classe só vá começar em 2024, até lá terá que cumprir uma série de objetivos, e até 2021 ou 2022 deverá ter que correr em Le Mans como convidado.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemCompetição 24 Horas de Le Mans terá carros movidos a hidrogênio

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário