Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

BMW revela modelo plug-in com mais autonomia do mercado


O X5 XDrive 45e iPerformance é o novo BMW X5 híbrido, um modelo onde se destaca o registo de autonomia elétrica já bem interessante

Ao longo dos últimos anos, respondendo à ofensiva dos seus rivais no campo da eletrificação, a BMW tem vindo a alertar que enquanto os outros dão os primeiros passos ela já vai bem avançada na investigação a estas tecnologias.
Agora demonstra isso mesmo com um dos híbridos de plug-in com mais autonomia do mercado, o novo X5 XDrive 45e iPerformance. O modelo apresenta o estilo e capacidades do novo X5 e diversas evoluções em comparação ao anterior BMW X5 híbrido. Destaque para os 80km que consegue cumprir em modo elétrico, enquanto a maior parte dos modelos com estas motorizações se ficam pelos 50km sem emissões poluentes e o anterior X40e apenas cumpria 31km.

A potência desta versão iPerformance também cresceu, pois os anteriores 313cv de um quatro cilindros e um motor elétrico crescem agora para um total de 394cv e 600Nm. Este poder é obtido pela combinação entre o bloco de seis cilindros a gasolina com 286cv e um motor elétrico de 112cv, sendo o novo BMW X5 híbrido capaz de atingir os 100 km/h em apenas 5,6 segundos. Além disso, em modo elétrico a velocidade máxima cresceu dos 120 km/h para os 140 km/h, e quando o motor de combustão entra em ação a agulha pode mesmo apontar para os 235 km/h. Recorrendo a uma transmissão Steptronic de oito velocidades, são anunciados consumos de apenas 2,1l/100km com o ciclo NEDC.

Como a designação XDrive indica, o novo BMW X5 híbrido conta com tração integral, a que se junta uma suspensão pneumática nos dois eixos com controlo eletrônico do amortecimento. Opcionalmente, pode surgir ainda a direção ativa integral. Com a colocação das baterias sob o piso do veículo, a capacidade da bagageira foi reduzida em 150 litros, mas ainda assim são 500 litros que se podem aumentar até um máximo de 1716l. Além destas alterações físicas no habitáculo do 45e iPerformance, e da estética exterior que enfatiza o seu caráter mais amigo do ambiente, o BMW X5 híbrido também passa a contar com novos serviços específicos de eletromobilidade e conetividade.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemBMW revela modelo plug-in com mais autonomia do mercado

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário