Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 18 de agosto de 2018

No futuro as baterias dos VEs poderão ser carregadas em segundos


Com o aumento da procura de automóveis elétricos, as companhias têm procurado desenvolver tecnologia e técnicas mais rápidas e eficazes de carregamento das baterias. A nova bateria permite que carros elétricos possam ser carregados e estarem prontos para serem usados ​​em alguns segundos, afirmam os cientistas responsáveis pela projeção da futura bateria.

Químicos da Universidade de Glasgow desenvolveram um sistema de bateria com fluxo de fluídos através de uma nano-molécula que pode armazenar energia elétrica ou gás hidrogênio em um sistema de armazenamento de energia híbrida.

Segundo a revista Nature Chemistry, onde se pode ler sobre a bateria de fluxo “híbrido-elétrico-hidrogênio”, o estudo foi baseado no projeto de uma molécula de bateria em nanoescala e que poderia libertar energia sob demanda como eletricidade ou como gás hidrogênio – ambos poderiam ser usados para abastecer automóveis.

De acordo com o mesmo, quando um líquido concentrado contendo as nano-moléculas é produzido, a quantidade de energia que ele pode armazenar aumenta em dez vezes e a energia pode ser libertada em forma de eletricidade ou hidrogênio, permitindo flexibilidade no seu uso.

O maior benefício associado a este estudo poderia ser o fato de os carros elétricos não precisarem mais de horas para carregar, mas de segundos com o novo material, um líquido bombeável. Isto significa que as baterias de carros elétricos podem ser recarregadas em aproximadamente o mesmo tempo que levaria para encher um carro de gasolina ou diesel.

O novo líquido poderia ser usado para substituir o líquido da bateria antiga e recarregar os veículos elétricos. O método experimental foi desenvolvido pelo professor Leroy Cronin, pelo Dr. Mark Symes e Dr. Jia Jia Chen, que afirmam que abrirá caminho para novos sistemas de armazenamento de energia para carros elétricos, novas formas de armazenar energia renovável. “Para que as energias renováveis ​​futuras sejam mais eficazes, são necessários sistemas flexíveis de armazenamento de alta capacidade e energia para suavizar os altos e baixos da oferta”, apoia o professor Cronin. “[A] nossa abordagem fornecerá uma nova alternativa para fazer isso eletroquimicamente e pode até ter aplicação em carros elétricos, onde as baterias ainda podem levar horas para recarregar e ter capacidade limitada. […]”.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemNo futuro as baterias dos VEs poderão ser carregadas em segundos

Publicado no Verdesobrerodas



Por MaisTecnologia conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário