Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Indaiatuba recebe os primeiros caminhões elétricos da BYD


Chegaram os primeiros seis caminhões elétricos BYD encomendados pela Corpus Saneamento e Obras, de Indaiatuba (SP). No total, um lote de 200 unidades fará parte da frota da companhia para serem utilizados em serviços de coleta e transporte de resíduos, cujo negócio foi anunciado em maio. As primeiras unidades, que começam a operar em setembro, embarcaram no início de junho em Changsha, na China, e fazem parte do primeiro lote de 21 caminhões que serão entregues este ano.
Os veículos utilizam bateria especialmente desenvolvida para a eletrificação veicular, com tecnologia exclusiva de fosfato de ferro lítio, que segundo a empresa, é reciclável e tem vida útil de até 30 anos. Com PBT de 21 toneladas, os modelos são da versão 4x2 com autonomia estimada de até oito horas de operação por recarga, em torno de 200 quilômetros.

“Antes de entrar em operação, os novos caminhões passarão por uma revisão de entrega e receberão o compactador de resíduos com sistema eletro hidráulico, desenvolvido em parceria com a Danfoss. Esse sistema substitui as tradicionais alavancas e garante maior eficiência energética e redução do nível de ruído no funcionamento do equipamento”, explica o gerente de manutenção de frota da Corpus, Charles Fioravante.

O executivo acrescenta que com a frota, a empresa deixará de emitir o equivalente a 14 toneladas de CO2 por mês e por veículo. “O desempenho é bem superior em todas as condições de operação, chegando a ser sete vezes mais eficiente”, enfatiza Fioravante.

“O eT8a é o caminhão de lixo mais silencioso e confortável do mercado. Diferente dos caminhões movidos a diesel, sua transmissão está diretamente ligada ao motor, sem embreagem. Para facilitar as partidas nas mais íngremes rampas, possui torque máximo de 1.500 Nm a partir de zero rpm, o maior da categoria, uma revolução em relação aos convencionais, que possuem menos torque e somente a rotações bem mais elevadas”, explica o diretor de vendas da BYD do Brasil, Carlos Roma.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemIndaiatuba recebe os primeiros caminhões elétricos da BYD

Publicado no Verdesobrerodas



Por Automotive Business conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário