Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Desenvolvido caregador inteligente para veículos elétricos


Quem quer recarregar a bateria do carro em casa, geralmente necessita de instalar um carregador de alta capacidade na sua garagem, mas o espaço que o carregador ocupa não é viável numa garagem partilhada pelo condomínio. E depois há até o problema do quadro da luz do prédio, que não aguenta com a intensidade da energia. 

Felizmente, esse problema acaba de ser resolvido, com um sistema prático que varia a intensidade da recarga conforme as necessidades energéticas do prédio.

A RVE é uma empresa canadiana que desenvolveu um carregador para ser usado em garagens de condomínios, onde cada morador tem o seu lugar de estacionamento. O sistema, conhecido como DCC (“controlador de carga disponível”, em português), permite recarregar rapidamente a bateria do seu carro, mas reduz a velocidade da carga se detetar que o sistema (geralmente, derivado do uso de elevadores, bombas de água e iluminação de escada) está a operar a mais de 80 por cento da carga máxima do quadro.

Como o carregador está ligado ao quadro do prédio, isto significa que está a consumir energia destinada ao prédio, o que vai fazer aumentar a conta da eletricidade do condomínio. Por isso, a RVE também programou o DCC para identificar o utilizador do sistema. Assim, está a usar a eletricidade do condomínio, mas o custo da energia consumido vai ser enviado para o dono do carro.

O aparelho é bastante compacto, com 30 por 30 centímetros e um peso de 7 kg, e pode ser montado numa parede, sem ocupar espaço no chão. Pode manter uma carga a 125 amperes, na versão mais potente, e nunca atinge temperaturas muito elevadas, não ultrapassando os 45 graus. No Canadá, custa 1100 euros (740 euros), sem contar com a instalação, mas os custos podem ser reduzidos se convencer um vizinho com um carro elétrico a dividir a despesa.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemDesenvolvido caregador inteligente para veículos elétricos

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário