Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 6 de julho de 2018

SUV elétrico E-Tron finalmente caminha rumo ao mecado


Anunciado pela Audi desde 2015, o SUV elétrico E-Tron finalmente caminha rumo à apresentação oficial. Revelado a princípio como carro-conceito, o modelo estreará em versão de produção ainda neste ano e chagará às lojas inicialmente nos Estados Unidos e Europa. Desde já, a marca atiça a curiosidade do público com a divulgação de fotos do interior, que surpreende pelo nível de tecnologia embarcada: são nada menos que cinco telas espalhadas pela cabine.

Logo de cara, é possível notar que os tradicionais espelhos retrovisores foram substituídos por câmeras, dentro do conceito que a própria Audi chama de "espelhos virtuais". Ambos refletem as imagens captadas no exterior em telas OLED de 7 polegadas posicionadas logo abaixo das janelas, que têm funções como zoom, detector de pontos cegos e modos de estacionamento, manobra e condução em estradas.

Com esta novidade, o número total de telas dentro do carro saltou para cinco, incluindo o painel de instrumentos totalmente digital, o sistema de entretenimento e a tela sensível ao toque montada na parte inferior do console central. Os retrovisores tecnológicos serão oferecidos como opcionais, mas não serão liberados em todo o mundo. No entanto, a Audi menciona que está em conversações com as pessoas certas para torná-los legais globalmente.

Na mecânica, dois motores elétricos entregam conjuntamente 355 cv de potência e garantem aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 6 segundos, com velocidade máxima de cerca de 200 km/h. No modo de condução Sport, a potência salta para mais de 400 cv, mas não foram divulgados dados de performance neste caso. A bateria de 95 kWh garante aproximadamente 400 km de autonomia. Um carregador de alta tensão de 150 kW leva apenas 30 minutos para completar a carga, enquanto uma tomada trifásica de 400 volts levará aproximadamente 8 horas e 30 minutos.

O lançamento oficial deveria acontecer no dia 30 de agosto em Bruxelas, na Bélgica, mas a prisão do CEO Rupert Stadler adiou os planos da marca. De todo modo, é certo que a apresentação acontecerá ainda neste ano. Nos mercados globais, Jaguar I-Pace e Mercedes EQ C serão os principais concorrentes.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemSUV elétrico E-Tron finalmente caminha rumo ao mecado

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor1 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário