Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Obra de arte da Mercedes liga o passado ao futuro eletrificado


A Mercedes desvendou uma escultura especial, a “Aesthetics Progressive Luxury”. A obra de arte presta uma homenagem ao veículo com que Rudolf Caracciola estabeleceu um recorde mundial de velocidade em 1938. Uma escultura da Mercedes que une o passado ao futuro…

Para o Concurso de Elegância de Pebble Beach, a Mercedes reservou a apresentação de um novo protótipo, mostrando uma escultura que antevê esse modelo. A “Aesthetics Progressive Luxury” é uma obra de arte que presta homenagem ao W125, o automóvel com que Rudolf Caracciola estabeleceu o recorde mundial de velocidade de 432,7 km/h em plena autobahn, entre Frankfurt am Main e Darmstadt.
O corpo da escultura é “alongado e excêntrico”, como define a marca, com as rodas dianteiras a conferirem um aspeto musculado. Para realçar o caráter dinâmico, o restante corpo separa-se progressivamente em direção à traseira, criando um efeito ótico de velocidade. Esta obra de arte liga o passado ao futuro, uma vez que é um projeto que envolve a EQ, a divisão da Mercedes dedicada à produção de automóveis elétricos.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemObra de arte da Mercedes liga o passado ao futuro eletrificado

Publicado no Verdesobrerodas



Por Revista Turbo conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário