Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Vendas de carros mais que dobra, supera 3 milhões e China lidera

O número de carros elétricos e híbridos plug-in nas estradas do mundo ultrapassou 3 milhões em 2017, um aumento de 54% em comparação com 2016, de acordo com a última edição da Global Electric Vehicles Outlook da Agência Internacional de Energia.

A China permanece líder global de carros elétricos, registrando quase 580.000 carros elétricos, um aumento de 72% em relação ao ano anterior. Os Estados Unidos ficou em segundo lugar, com cerca de 280.000 carros vendidos em 2017, acima dos 160.000 em 2016.
Os países nórdicos continuam líderes em participação de mercado. Os carros elétricos foram responsáveis ​​por 39% das vendas de carros novos na Noruega, tornando-se o líder mundial em participação de mercado de veículos elétricos (EV). Na Islândia, as vendas de veículos elétricos representaram 12% do total das vendas. Já na Suécia a participação de mercado atingiu 6%. Alemanha e o Japão também registraram forte crescimento, com mais de 50% de aumento em ambos os países, em relação aos níveis de 2016.

A mobilidade elétrica não se limita aos carros. O estoque de ônibus elétricos subiu de 345.000 (em 2016) para 370.000 unidades em 2017. Os veículos duas rodas atingiram 250 milhões. A eletrificação desses meios de transporte foi impulsionada quase inteiramente pela China, que responde por mais de 99% do estoque de ônibus elétrico e de veículos de duas rodas, embora os registros na Europa e na Índia, também, estejam crescendo.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Vendas de carros mais que dobra, supera 3 milhões e China lidera
Publicado no Verdesobrerodas

Por IEA conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário