Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Volvo diz que metade de suas vendas de carros será elétricos


A Volvo divulgou um plano ousado sobre o futuro dos carros elétricos. Até 2025, metade de suas vendas totais de carros será de elétricos. 

O anúncio representa um movimento ainda mais agressivo da companhia em direção aos modelos ecologicamente corretos.

Mais agressivo porque, no ano passado, a Volvo informou que até 2019 todos os novos modelos lançados seriam eletrificados. Na prática, no entanto, isso quer dizer apenas que alguma forma de sistema de motor ou bateria será elétrica. Tornando os carros híbridos leves, híbridos padrão, híbridos plug-in ou totalmente elétricos.

O anúncio feito no Salão do Automóvel da China está ligado ao fato de que o governo do País solicitou que 20% dos carros vendidos no país sejam movidos a “nova energia” até 2025. “Ano passado nós nos comprometemos a eletrificar nossos novos modelos. De modo a nos prepararmos para uma era que vai além do motor de combustão interna”, disse Håkan Samuelsson, presidente e CEO Global da Volvo Cars. “Hoje nós estamos reforçando e expandindo este comprometimento com a liderança mundial do mercado de carros elétricos”, completou.

Relacionando-se com o anúncio, a Volvo tomou a decisão de exibir apenas modelos híbridos plug-in no Beijing Auto Show. Foi a primeira vez que a companhia fez isso em uma grande exibição como a chinesa. 

Entre os veículos exibidos estavam o XC40 T5 PHEV, marcando esta como a primeira aparição pública da versão plug-in do novo SUV compacto da marca. A Volvo ainda não divulgou especificidades técnicas do novo modelo exibido em Pequim. O que pode ser esperado para os próximos meses.

A fabricante alemã informou, no ano passado, que começaria a produzir seus primeiros carros completamente elétricos na China. E que os veículos iriam começar a ser vendidos em 2019 e exportados globalmente. Sobre isso, a montadora também informou que apresentará 5 modelos elétricos até 2021. Sendo três deles Volvos e os dois restantes da marca Polestar. Especificamente, espera-se que a Polestar lançará o Polestar 2 e uma SUV totalmente elétrica que a marca descreveu como “uma incrível SUV com bela silhueta aerodinâmica”.

A Volvo não é a única companhia a enxergar veículos elétricos como a única solução possível para se adequar às restritas medidas de redução de emissão de resíduos da queima de combustível ao redor do mundo. A Maserati também disse que seus todos os seus novos modelos serão eletrificados a partir de 2019, enquanto a BMW se comprometeu com a mesma coisa, mas a partir de 2020. Por fim, a Toyota afirmou que até 2025 oferecerá versões eletrificadas de todos os seus modelos, incluindo os carros da Lexus.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemVolvo diz que metade de suas vendas de carros será elétricos 

Publicado no Verdesobrerodas



Por Jornal do Carro Estadão conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário