Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 29 de maio de 2018

Sistema de leasing de carros elétricos nos EUA faz sucesso


O negócio de leasing nos EUA é uma forma muito atrativa para consumidores que encaram os carros como um meio de transporte ou que gostam de trocar o automóvel em pouco tempo. 

Diferente daqui os valores mensais para os contratos de 24 ou 36 meses são muito baixos na maioria dos casos, mas quando envolve carros elétricos, a coisa sai um pouco fora da lógica.
Não se trata de preços de parcelas absurdas como seria de imaginar, mas mensalidades tão pequenas que chegam a ser comparadas às de smartphones.

Sim, imagine adquirir por dois anos um BMW i3 zero km por apenas US$ 54 mensais? O valor é tão baixo, que faz os US$ 116 cobrados por leasing de 36 meses do Fiat 500e parecer algo realmente absurdo. O valor acima é referente a um contrato de dois anos, que a Bloomberg revelou através de Mike Piccolo, um assessor financeiro de Ramsey, Nova Jersey. 

Com 45 anos, o americano achou que era uma piada quando fPiccolo disse: “O carro custa US$ 50 mil. Como você está pagando apenas US$ 50? iPhones não são nem US$ 50 por mês!” O americano teve acesso aos detalhes do contrato através de um site especializado em ofertas de leasing no mercado americano. Segundo a Bloomberg, esse tipo de negócio não é surpresa, visto a atual situação do carro elétrico nos EUA. No caso específico do BMW i3, a questão é o produto em si, que chegou ao país em 2013 com a gasolina cara e cobrando um valor muito mais alto que os concorrentes.icou sabendo de uma oferta de leasing de apenas US$ 54.

Custando quase US$ 50 mil, o BMW i3 tinha autonomia pequena e na vida real não rodava mais que 130 km. Isso fez com que o apelo pelo elétrico alemão fosse baixo, mesmo que o carro pudesse ser abastecido com pouco mais de 7 litros (software impede a entrada dos 9 litros no tanque). Atualmente, o modelo parte de US$ 44.450 e roda pouco mais de 180 km sem recarga. Mesmo assim, preço e alcance desestimulam qualquer um.

Por conta disso, os concessionários precisam se virar para colocar o i3 nas ruas e ofertas como essa acabam surgindo como se fossem falsas. Devido aos requisitos que Piccolo exigiu para ter um carro na garagem, ele acabou pagando US$ 112 mensais pelo BMW, mas ainda assim uma parcela muito menor do um Série 3 de preço similar. Mas, a baixa nas ofertas de leasing não afeta apenas o BMW i3.

Comenta-se que a GM perde em torno de US$ 9 mil a cada Chevrolet Bolt vendido, enquanto a Fiat tem prejuízo médio de US$ 20 mil no Fiat 500e. Obviamente a marca de luxo alemã não está ganhando dinheiro com seu elétrico estiloso. Em tempos de gasolina barata, os consumidores rapidamente migraram para os carros grandes e potentes, deixando os elétricos fora dos planos de compra. Para quem tem interesse nesse tipo de carro, ofertas como essa são imperdíveis.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemSistema de leasing de carros elétricos nos EUA faz sucesso

Publicado no Verdesobrerodas



Por Noticias Automotivas conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário