Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Irizar e-mobility tem investmento de 75 milhões de euros em EVs


No passado dia 11 de maio, em Aduna (San Sebastian, Espanha) a Irizar inaugurou as instalações dedicadas à mobilidade elétrica e apresentou um protótipo do ie truck, o caminhão elétrico para meios urbanos.

Irizar e-mobility é uma unidade de produção que ocupa um espaço de 18 mil m2 e está destinada à produção de ônibus elétricos e outros veículos industriais e representa um investimento de 75 milhões de euros. 

A fábrica tem capacidade para produzir mil veículos por ano, produzindo-se um ônibus a cada dois dias. Tendo em conta a carteira de pedidos, a empresa adianta que vão 
duplicar a produção no mês de setembro, passando a produzir um ônibus por dia. A capacidade de entrega de ônibus está neste momento «em dois meses», afiançou José Manuel Orcasitas, CEO do Grupo Irizar. Na Irizar e-mobility poderão ser construídos autocarros urbanos de 10,8 e 12 metros de comprimento e também de 18 de metros de comprimento, articulados. A empresa prepara-se ainda para, em breve, ter ônibus bi-articulados e outros veículos elétricos.

Atualmente, a Irizar tem três modelos de autocarros: Irizar ie bus, Irizar ie tram e Irizar ie truck. O primeiro modelo pode ter 10,8, 12 e 18 metros de comprimento e autonomia de 200 a 220 quilômetros a uma velocidade média de 15 a 17 quilômetros/hora, assegurando assim 14 a 16 horas de condução em condições de tráfico denso. O ie tram, com características estéticas de um tranvia, está disponível nas versões 12 e 18 metros (articulado) e uma capacidade máxima de 155 pessoas.

O ie truck é um caminhão elétrico para utilização em meios urbanos. A versão 6x2 revelada dia 11 tem um motor elétrico e baterias de iões de lítio-ion. 

Para meios urbanos, o veículo disporá de um sistema de ampliação de capacidade alimentado a GNC, uma tecnologia que lhe permitirá enfrentar jornadas de trabalho mais exigentes. O ie truck terá aproximadamente oito metros de comprimento e capacidade de transportar 18 toneladas de carga. O caminhão vem equipado com controlo de estabilidade, nivelamento adaptável da suspensão, advertência de mudança de direção involuntária e travagem de emergência.

Na unidade fabril, a Irizar desenvolve os diferentes componentes associados a um veículo elétrico, como as baterias, estações de carregamento e sistemas de tração. Esta opção de incorporar o desenvolvimento da tecnologia prende-se com a decisão dar melhor resposta às necessidades dos clientes. «As baterias são muito importantes para os clientes, por isso, não podemos ficar dependentes das soluções dos fornecedores. Fazemos os módulos de forma a otimizar muito o desempenho de cada ônibus», disse José Manuel Orcasitas. O mesmo responsável disse ainda que, no futuro, vão também comercializar apenas os componentes, adiantando mesmo que «vamos entrar em concursos apenas para fornecimento dos postos de carregamento».

José Manuel Orcasitas destacou ainda a importância do mercado português para a empresa. «É um mercado muito interessante. Em
ônibus, é um cliente bom e naquilo que é ônibus de gama alta temos quase metade daquilo que é o mercado português», afirmou. Relativamente a ônibus urbanos elétricos, vão fornecer dois ie bus em Bragança e postos de carregamento, com entrega prevista em dezembro. «Estamos a preparar outros concursos, por exemplo, o da Carris», adiantou João Luís Lopes, representante em Portugal do Grupo Irizar.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemIrizar e-mobility tem investmento de 75 milhões de euros em EVs 

Publicado no Verdesobrerodas



Por Transportes em Revista conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário