Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 14 de abril de 2018

Versão plug-in T8 da Volvo deverá ser oferecida no Brasil


O Volvo S90 foi confirmado para o final do ano no Brasil. O modelo deverá chegar na mesma época da Salão do Automóvel 2018, no qual a marca sueca deve aparecer pela primeira vez após a mudança de local do evento mais importante do mercado automotivo latino-americano. A empresa ainda comentou que a versão híbrida plug-in T8 deverá ser oferecida.

O sedã de luxo da Volvo compartilha a mesma plataforma SPA usada nos modelos XC60 e XC90, atualmente oferecidos no Brasil. O modelo foi lançado em 2016 e é feito atualmente em três países, sendo eles Suécia, China e Malásia. O S90 é acompanhado de uma perua, a V90, que inclusive tem um exemplar (Cross Country) da série Ocean Race em exibição na Vila da Regata, em Itajaí-SC.

A empresa não falou sobre a perua, mas o sedã está confirmado. O S90 mede 4,963 m de comprimento, 1,890 m de largura, 1,450 m de altura e 2,941 m de entre-eixos. O sedã topo de linha da Volvo ainda tem na China a versão longa, chamada S90 L, que mede 5,083 m de comprimento e 3,061 m de entre-eixos, conforme exigência dos clientes chineses, que querem mais espaço para ir atrás, já que possuem motoristas particulares.

Pesando acima de 1.800 kg, o Volvo S90 por ora só tem a versão T8 mencionada, sendo esta com motor Drive-E 2.0 com 320 cavalos e 40,6 kgfm a 2.200 rpm. Ele é acompanhado de um motor elétrico de 87 cavalos com 24,5 kgfm, ambos obtidos a 0 rpm. Nesse arranjo, o motor elétrico move as rodas traseiras, enquanto o motor 2.0 faz o resto.

Além dessa opção T8, o Volvo S90 tem ainda o Drive-E 2.0 com versões de 190 ou 254 cavalos, esta última com opção AWD, o que deve acontecer no Brasil. Nesse caso seriam as versões T5 e T6, mas provavelmente apenas essa última (com o motor mais potente) deve ser importada. Nos dois casos, e mais o do T8, o câmbio é sempre automático de oito marchas.

Com o S90, a Volvo amplia a gama de produtos, que recentemente teve apresentação do XC40, o menor SUV da marca sueca. Além disso, abre a possibilidade de importação de outros modelos e variantes aqui, tais como a perua V90, que ainda não é certa. O mesmo para os futuros S/V60, bem como os derivados da plataforma CMA – feita em parceria com a Geely – e irmãos do XC40, tais como os futuros S40 e talvez perua ou hatch V40, que ainda se mantém na atual geração.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemVersão plug-in T8 da Volvo deverá ser oferecida no Brasil

Publicado no Verdesobrerodas



Por Noticias Automotivas conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário