Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Aston Martin descarta versão elétrica


Embora se esperasse o contrário, o primeiro modelo SUV da marca britânica não contará em sua linha com uma versão elétrica pura, portanto, os clientes da Aston Martin terão que se conformar com uma linha composta exclusivamente por motores convencionais a gasolina.

Foi Andy Palmer, CEO da marca, quem confirmou a notícia recentemente, por isso que podemos considerar essa informação como oficial, não haverá um SUV elétrico com os emblemas alados da Aston Martin, pelo menos não por enquanto.

Recentemente a marca britânica registrou a denominação Varekai, portanto, na ausência da aprovação para o nome, que já foi usado anteriormente, mas não em um veículo, este possivelmente será o nome do primeiro modelo dessa tipologia da dilatada história da marca. O novo crosso ver britânico será fabricado nas novas instalações que já estão sendo preparadas no País de Gales e será baseado no Aston Martin DBX Concept que a marca apresentou já há alguns anos.

Inicialmente, se esperava que a versão de produção do DBX Concept contaria com uma linha composta inicialmente por motores a gasolina, aos quais mais tarde seria acrescentada a mencionada opção elétrica, além de uma versão híbrida plug-in. No final, a versão elétrica foi descartada, portanto, haverá somente motores convencionais a gasolina, os utilizados pelo resto dos modelos da marca, de 8 e 12 cilindros, além da possível versão PHEV, que chegará mais adiante. É claro que os motores diesel estão fora da equação para esse modelo, apesar de que alguns de seus principais rivais contem com eles.

O novo Aston Martin Varekai - se for confirmada essa denominação - estreará no próximo ano de 2019, portanto, estamos a poucos meses de conhecer o aspecto do primeiro crossover de luxo da Aston Martin.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemAston Martin descarta versão elétrica

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário