Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 20 de março de 2018

VW apresenta carro elétrico para competição na Pikes Peak


Apostada em afirmar a sua concepção de mobilidade elétrica, feita através de uma nova família de protótipos 100% elétricos a que deu o nome de I.D., a Volkswagen procura, agora, demonstrar a validade da tecnologia que lhe está na base, colocando-a à prova numa das mais duras provas de automobilismo, a Pikes Peak International Hill Climb.

Naquele que é um regresso a uma prova que nunca venceu, a marca alemã criou um protótipo de carro de corrida 100% elétrico, específico para esta rampa: o Volkswagen I.D. R Pikes Peak.

Descrito como um veículo de corridas elétrico e de tração integral, a marca alemã refere que o Volkswagen I.D. R Pikes Peak não levanta apenas um pouco do véu sobre aquilo que serão os futuros modelos da família I.D. e o seu potencial desportivo, como é também o primeiro passo rumo a “um relacionamento mais próximo entre a Volkswagen R e a Volkswagen Motorsport”. Ou, seja, as divisões de performance e de competição do construtor de Wolfsburgo.

“Queremos estar na frente da mobilidade elétrica com a Volkswagen e a família I.D.”, comentou Frank Welsch, membro do Conselho de Gestão da Volkswagen. Defendendo que, “competir na mais famosa rampa do mundo, com o I.D. R Pikes Peak, será também um teste importante no desenvolvimento de futuros carros elétricos”.

Recorde-se que esta não será a primeira vez que a Volkswagen participará na chamada “Corrida para as Nuvens”. A qual tem lugar no Pico Pikes, em Colorado Springs, EUA, ao longo de um percurso de 19,99 km e com um total de 156 curvas, em que homens e máquinas são obrigados a vencer um desnível de 1440 metros, terminando a 4300 metros de altitude.

A primeira vez em que participou foi em 1985, com um famoso Golf de dois motores, cada um ligado a um eixo. Solução com que, aliás, voltaria a tentar, nos três anos seguintes, nunca conseguindo, porém, vencer. Agora, 33 anos após a primeira tentativa, que terminou no terceiro lugar, derrotado pelo Audi Quattro de Michéle Mouton, a marca alemã regressa a Pikes Peak, à procura da consagração que sempre lhe fugiu. Será desta?…

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemVW apresenta carro elétrico para competição na Pikes Peak

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóve conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário