Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 5 de março de 2018

Tesla Model S é campeão de vendas na categoria premium

O Tesla Model S é o modelo topo de linha da marca americana e custa caro, bem caro. Mesmo assim, elétrico e de uma marca nova, o luxuoso já desponta como um campeão de vendas entre os sedãs de marcas premium. Nessa categoria, onde ele foi colocado, o Model S já supera as vendas de BMW Série 7 e Mercedes-Benz Classe S, por exemplo, no mercado americano.

Isso já vem acontecendo há algum tempo e não é novidade. Porém, surpreende mesmo é o fato da Tesla estar emplacando mais Model S na Europa que BMW e Daimler vendendo seus luxuosos sedãs, citados acima. Essa é a primeira vez que um carro elétrico supera um segmento assim na Europa e isso já fez acender uma luz de alerta no velho continente.

Felipe Muñoz, analista de pesquisadores de mercado JATO Dynamics, diz: “Este é um alarme para as montadoras tradicionais, como a Mercedes. Ele diz que uma marca menor, mas inteligente, como Tesla, pode vencê-las em casa”. O especialista aponta para um maior interesse do consumidor em carros elétricos, mesmo no segmento de luxo, o que obriga as marcas tradicionais a ampliarem suas gamas para atendê-los, mas isso não pode ser feito rapidamente.

Os investimentos em carros de luxo com propulsão elétrica já acumulam bilhões de euros, porém, pouco resultado prático se vê nas revendas. A oferta é mínima e se limita aos híbridos plug-in e nada mais. Audi, BMW e Mercedes preparam dezenas de modelos elétricos, mas no momento, quem tem o produto é a Tesla.

De todas as luxuosas europeias, apenas a Jaguar parece que vai virar o jogo completando com produto topo de linha. Já se fala no próximo XJ como um elétrico puro, o que seria, em outras palavras, o primeiro sedã elétrico europeu de alto luxo, capaz assim de bater de frente com o Tesla Model S. O recente I-Pace já deu a dica que quer pegar o Model X. Tecnologia a JLR já têm, só falta o produto.

Apesar disso, o trio de luxo alemão tem ambições muito maiores que apenas o segmento top. Crossovers e SUVs elétricos estão em pauta, mas não será um ou dois, mas diversos modelos de propulsão por energia, devendo assim cada uma superar a Tesla em número de produtos, abrangendo vários segmentos.

Mas o que dizem os números? O BMW Série 7 emplacou 11.735 unidades em 2017, mas as vendas caíram 13%. O Mercedes Classe S teve alta de 3%, vendendo 13.359 exemplares. Porém, o Tesla Model S emplacou 16.132 unidades com alta de 30%. Nos EUA, enquanto o Cadillac XTS caiu 27% e o Classe S desceu 16%, o elétrico de Elon Musk subiu 9%.

Com 12 mil vendidos, o Tesla Model X também está pressionando o mercado de SUV de luxo, vendendo o mesmo que o Porsche Cayenne. O BMW X6, por exemplo, ficou 2.000 unidades abaixo do rival americano. Por ora, mesmo efeito não pode ser atributo ao Model 3, que não teve nenhum exemplar emplacado na Europa, já que a Tesla tem dificuldades em elevar a produção nos EUA.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemTesla Model S é campeão de vendas na categoria premium

Publicado no Verdesobrerodas



Por Noticias Automotivas conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário