Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 8 de março de 2018

Super elétrico Rimac supera Lamborghinis e Ferraris

Seguramente ainda se deve lembrar do Concept One da Rimac Automobili, um fantástico super carro elétrico com 1224 cavalos de potência. Este bólide fez o mundo olhar para outra direção quando tudo apenas tinha olhos para a Tesla.

O ano de 2017 foi fértil em vídeos onde o Concept One deixa para trás Lamborghinis, Ferraris e outros super carros.
Agora, para tornar este novo mercado dos super carros elétricos mais desafiante, a empresa apresentou o Rimac C_Two, que desenvolve 1914 cavalos de potência e é atualmente o “carro mais rápido do mundo”.

O novo bólide da Rimac, revelado no Salão Automóvel de Genebra, faz o Concept One parecer lento. O Rimac C_Two desenvolve 1914 cavalos de potência, o que torna absolutamente monstruoso e vai dos 0 aos 100 km/h em cerca de 1,85 segundos. Também possui uma velocidade máxima de 412 km/h e atinge 300 km/h em 11,8 segundos.

Estas especificações, que terão de provar na estrada a sua veracidade, deixam bem longe quer o seu antecessor, o Concept One, como também o próximo Roadster da Tesla, que foi anunciado recentemente. A marca refere que este é o carro mais rápido do mundo. Este carro é feito inteiramente a partir do zero e nada é transferido do antigo. Tudo mudou a partir do Concept_One.

Referiu Mate Rimac, CEO da Rimac Automobili, durante a apresentação em Genebra.
O carro possui quatro motores elétricos – um por roda – e é assim que o C_Two consegue atingir o máximo de torque desde o início. A Rimac afirma que o sistema permite “eficiência de 97%” e “controlo dinâmico sem precedentes”.

Uma das características mais importantes sobre o carro é que, além de acelerar rapidamente, este também pode sustentar essa velocidade por algum tempo. Rimac afirma que foi projetado fazer duas voltas na pista de Nurburgring sem degradação térmica. As baterias também são um colosso: o C_Two possui uma bateria de 120 kWh, capaz de 650 km de autonomia.

Hoje em dia os veículos não são apenas velocidade, há muito mais no seu “recheio”, e o C_Two traz uma forte componente de Inteligência Artificial. O CEO da Rimac afirma que o carro possui hardware que está pronto para autonomia de Nível 4, o que tornaria o carro totalmente autónomo na maioria das situações. Para que o veículo tenha este nível, conta com oito câmaras, sistema duplo Lidar (Light Detection and Ranging), seis radares, 12 sensores ultrassônicos, além de GPS e um sensor IMU (unidade de medição inercial).

O carro ainda não está pronto para ser colocado nas estradas. Nesta altura está apenas o potótipo a ser apresentado, e a seguir virá uma “fase final de desenvolvimento e testes”, disse Rimac. Ainda não há qualquer informação referente ao preço.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemSuper elétrico Rimac supera Lamborghinis e Ferraris

Publicado no Verdesobrerodas



Por Pplware conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário