Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 29 de março de 2018

Range Rover Evoque deverá ter versão eletrificada


Alguns flagras realizados na Europa, sobretudo de algumas unidades em teste no tradicional circuito de Nürburgring, na Alemanha, já deixam claro um fato bem interessante: a segunda geração do Range Rover Evoque encontra-se pronta, apenas finalizando os últimos acertos antes da apresentação que deverá ocorrer até o fim deste ano já como linha 2019.

Apesar da camuflagem pesada das unidades em teste, é possível constatar que o Range Rover Evoque 2019 manterá o mesmo estilo robusto e arrojado da geração atual.
Porém mesclando alguns elementos vistos em modelos mais recentes do conglomerado inglês, como é o caso do Range Rover Velar.

É espera uma evolução na parte traseira do modelo, com lanternas mais pronunciadas em direção à tampa do porta-malas, bem como o para-choque traseiro deverá adotar linhas mais agressivas, ressaltando o caráter mais esportivo do Evoque a partir da linha 2019.

Na parte interna, como era de se esperar, o novo Evoque 2019 deverá contar com a central multimídia Touch Pro Duo presente no Velar, a qual combina duas telas para o sistema, uma dedicada ao controle climático e demais recursos do carro.

Segundo rumores, a plataforma que dará vida à nova geração do Evoque será a D8, porém com melhorias para melhorar o espaço interno do SUV compacto de luxo, bem como permitir ao modelo oferecer mais espaço de carga no porta-malas.

Sobre os conjuntos mecânicos, a mídia europeia também aposta em variantes da família Ingenium com potência entre 237 e 296 cv para as opções a gasolina e 148 a 237 cv nas motorizações diesel. O câmbio deverá ser o automático de 9 marchas comum a linha, bem como a opção de tração dianteira ou integral.

O Evoque 2019 também deverá ganhar uma opção híbrida mais alinhada com a tendência de eletrificação dos automóveis mais recentes, que reunirá um motor elétrico com um propulsor a combustão que até o momento não se sabe se será um 1.5 a gasolina ou um 2.0 diesel.

Caso a estreia da nova geração do Evoque se confirme até o fim deste ano, as vendas ao redor do mundo, incluindo o Brasil, deverão começar a partir do próximo ano.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemRange Rover Evoque deverá ter versão eletrificada

Publicado no Verdesobrerodas



Por AUTOO conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário