Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 30 de março de 2018

Proprietários do LEAF no Japão poderão trocar as baterias

Os proprietários do Nissan LEAF no Japão poderão trocar as baterias atuais de seus carros por outras fabricadas sob um novo programa. A partir de maio, eles poderão entregar as baterias usadas e, pagando uma taxa, receber outras novas. A Nissan irá usar a parceria com 4R Energy Corp., companhia estabelecida por meio de uma joint venture com a Sumitomo Corp., para oferecer o programa.

Como a demanda por veículos elétricos vem crescendo, o número de baterias usadas aumentará significativamente. A Nissan espera que, ao recuperar essas baterias, possa ajudar a reduzir os custos de substituição de baterias e aumentar o valor de revenda dos carros elétricos usados. Isso aumentará a experiência de propriedade desses veículos, o que, por sua vez, vai ajudar a promover seu uso, contribuindo para a redução das emissões de CO2.

Inicialmente a Nissan oferecerá, no Japão, baterias recondicionadas de 24 quilowatts-hora por 300 mil ienes cada, com planos de expandir as opções. Os custos de troca serão de 650 mil ienes para as baterias 24 kWh; 800 mil ienes para as de 30 kWh; e 820 mil ienes para as 40 kWh.

A Nissan é a líder mundial em veículos de emissão zero, tendo vendido mais de 300 mil Nissan LEAF. A empresa está trabalhando para criar uma sociedade de mobilidade sustentável com a disseminação de veículos elétricos, a melhoria da infraestrutura e o avanço das energias renováveis.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemProprietários do LEAF no Japão poderão trocar as baterias

Publicado no Verdesobrerodas



Por segs conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário