Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 13 de março de 2018

Porsche adere projeto de carros elétricos voadores

Depois da Audi ter anunciado, em Genebra, uma parceria com a Italdesign e a Airbus, visando o desenvolvimento de um carro voador, eis que também a Porsche decide aderir a este projeto. Recorrendo, obviamente, ao mesmo parceiro — a Italdesign, atelier de design fundado por Giorgetto Giugiaro, hoje em dia nas mãos do grupo Volkswagen.

Segundo avança a Automotive News Europe, do conglomerado de empresas que perseguem o desenvolvimento dos carros voadores, além da Porsche, Audi e Italdesign — todas elas pertencentes ao grupo Volkswagen —, temos também a Daimler, proprietária da Mercedes-Benz e da Smart; e a Geely, dona da Volvo e Lotus.

Quanto à entrada da marca de Estugarda neste novo desafio, é explicada pelo próprio construtor com o crescimento populacional que as grandes cidades têm vindo a registar, e que torna cada vez mais difícil, por exemplo, o acesso aos aeroportos. Existe uma nova realidade lá fora, em termos de transporte, imune a engarrafamentos. Como tal, porque não desenvolvermos algo nessa direção? Detlev von Platen, Director de Vendas da Porsche


“Pensem, por exemplo, em países como o México ou o Brasil, onde existem cidades que estão a abarrotar de pessoas, as quais chegam a levar quatro horas para percorrer um trajeto de 20 quilômetros. Pelo ar, levariam apenas alguns minutos”, acrescenta o mesmo responsável.

Segundo o Chefe de Desenvolvimento da marca de Estugarda, Michael Steiner, o projeto de um carro, ou táxi voador, está, no entanto, apenas no início. Pelo que será preciso ainda cerca de uma década, para que a tecnologia esteja finalizada e seja possível ver uma proposta do gênero, a circular pelo ares.

Se a Porsche, Audi e Italdesign têm a parceria com a Airbus, a Daimler investiu na Volocopter, empresa alemã, para o desenvolvimento de um táxi elétrico voador — esta está a desenvolver um veículo de cinco lugares de partida e aterragem vertical (VTOL).

Quanto à Geely, comprou a norte-americana Terrafugia — a sua atividade está centrada, precisamente, no domínio dos carros voadores —, que espera lançar o seu primeiro carro voador já no próximo ano.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemPorsche adere projeto de carros elétricos voadores

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário