Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 19 de março de 2018

Ford fará forte aposta nos híbridos


A Ford anunciou em Dearborn, EUA, durante o evento “Ford Uncovered”, um ambicioso plano de negócios da empresa para o mercado norte-americano nos próximos dois anos.

O plano consiste na ampla renovação na sua linha de produtos nos Estados Unidos, focada em picapes, SUVs e veículos comerciais, com investimentos em novos sistemas de propulsão e conectividade. , 

Jim Hackett, presidente e CEO da Ford, destacou que em 2020 a Ford terá a linha de veículos mais atualizada entre as grandes montadoras na América do Norte, reduzindo a idade média dos produtos de 5,7 para 3,3 anos. Além de substituir 75% das linhas, a marca vai adicionar quatro novas picapes e SUVs. Os reflexos dessa mudança no mercado brasileiro serão inevitáveis no futuro.

Há uma aposta forte nos híbridos, com avanços para oferecer mais desempenho e capacidade aos consumidores, além de economia de combustível. Até o final de 2019, todos os carros novos da marca terão conectividade 4G LTE. 

Em 2020, a Ford planeja ter uma linha de SUVs líder nos EUA, com oito modelos – cinco deles híbridos e um totalmente elétrico. As vendas da categoria devem crescer 20% no país, para mais de 950.000 unidades em 2020 e passar de 1 milhão em 2021, segundo a LMC Automotive.

A nova estratégia da Ford inclui um avanço forte nos híbridos, oferecendo mais capacidade e economia de combustível nos modelos de maior volume da marca, como F-150, Mustang, Explorer, Escape e Bronco. 

A F-150 Híbrida, por exemplo, terá maior capacidade de carga e torque, aproveitando também o fato de poder ser usada como gerador móvel. O Mustang Híbrido vai oferecer a mesma performance de um V8, com maior torque final.

Os veículos elétricos a bateria (também chamados BEVs) representam mais que um sistema de propulsão diferente – eles são uma mudança de estilo de vida para os consumidores, especialmente para aqueles que nunca dirigiram um veículo elétrico. Por isso, a estratégia da Ford inclui repensar a experiência de posse do veículo, tornando a sua recarga mais fácil e oferecendo atualizações de software on-line para otimizar o uso dos recursos.

“Instalar um carregador no porta-malas do veículo não é suficiente para ajudar a viabilizar os veículos elétricos”, disse Shefif Marakby, vice-presidente de Veículos Autônomos e Elétricos da Ford. “Além de expandir a nossa linha de veículos elétricos, estamos redesenhando a experiência de posse para resolver os pontos que atualmente ainda travam a sua adoção ampla.”

O novo utilitário elétrico de performance da Ford chega em 2020. Ele é o primeiro de seis veículos elétricos que a empresa vai lançar até 2022, como parte de um investimento global de US$11 bilhões em automóveis elétricos.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemFord fará forte aposta nos híbridos

Publicado no Verdesobrerodas


Por DM conteúdo
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário