Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 14 de março de 2018

Elétrico FF91 crossover SUV tem autonomia de 600 Km

A Faraday Future é uma empresa norte-americana, fundada em 2014 que tem apostado no desenvolvimento de veículos elétricos inteligentes. Na CES 2017 apresentou ao mundo o seu FF91, crossover SUV que muitos apontaram como um concorrente à altura dos trunfos da Tesla.

Agora, a empresa deu a conhecer uma frota de veículos com os quais ainda pretende entrar no mercado de consumo este ano.
Apesar de muitos recuos nos últimos anos, o Faraday Future afirma que está agora com dinheiro para investir no mercado dos veículos elétricos e aponta este ano como o ano de arranque.

O FF91 foi apresentado e o que era prometido dava conta de um veículo muito interessante e que poderia realmente conquistar o mercado. Este foi apresentado como tendo uma bateria de 130 kwh permitindo-lhe uma autonomia de cerca de 600Km de alcance EPA.

Além deste trunfo, o sistema de carregamento do veículo é o chamado carregamento aberto, o que significa que pode ser adotado qualquer sistema existente, o veículo, ao contrário dos vários carros do mercado, não está preso a um standard. Para aliciar mais o mercado, a FF afirma que o FF91 terá 1050 cavalos de potência.

Faraday Future refere que esta configuração é a melhor que o mercado corrente tem para oferecer na maioria dos carros elétricos (mas, na verdade, está aquém de alguns super carros como o atual Rimac Concept_One e agora alguns outros carros elétricos próximos).

Em termos de amostras, a empresa fez questão de mostrar vários comparativos da sua tecnologia e colocou mesmo lado a lado com o Tesla Model X:

A empresa está a virar-se mais para o exterior, mostrando efetivamente uma nova etapa da FF e veio comunicar o seguinte na semana passada: A nossa crescente frota de carros beta está pronta para ser implantada em áreas de teste para refinamento e calibração do sistema, enquanto continuamos a empurrar o FF 91 até ao limite.

Segundo as informações veiculadas pela empresa, lá para finais deste ano será lançado o seu veículo, embora esteja em curso grandes mudanças nos planos de fabricação. Isto tem a ver com alguns dados partilhados onde era avançada a verba de mil milhões de dólares para a fabricação dos veículos elétricos avançar numa unidade a construir no Nevada em 2016 e recebeu um pacote de incentivos de 300 milhões de dólares para avançar com a construção da infraestrutura.

Com o valor aquém do necessário, a empresa acabou por não fazer muito mais do que mover um pouco de terra no terreno que adquiriu e acabou por abandonar os planos que tinha no ano passado. Numa altura em que estava já ficar sem dinheiro. Reavaliadas as necessidades, decidiram comprar uma antiga fábrica numa zona de exploração agrícola, entre Los Angeles e São Francisco, anunciando depois os planos para convertê-la numa fábrica de automóveis elétricos de alta tecnologia.

Agora, receberam cerca de mil milhões de dólares de investidores não revelados e dizem que estão prontos para fazer do carro uma realidade este ano. Foi um parto complicado, depois de até se ter dito que estavam falidos e que poderia nunca o projeto ver a luz do dia. Os rumores foram muitos, o mercado não perdoava o desafio da empresa à Tesla, mas sem colocar algo efetivo à venda. Poderá, agora com este forte investimento, que tudo ganhe forma, que o mercado veja mais uma marca a modificar o segmento automóvel de forma definitiva e profunda.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemElétrico FF91 crossover SUV tem autonomia de 600 Km

Publicado no Verdesobrerodas



Por Pplware conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário