Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Toyota investirá 2,3 milhões de euros em centro de investigação

O fabricante japonês de veículos Toyota vai abrir um novo centro de investigação e desenvolvimento (I&D) no Japão para incrementar a criação de modelos que respeitem o meio ambiente e cumpram as regulamentações cada vez mais exigentes.

A empresa, com sede em Aichi, no centro do país, vai investir 300 milhões de ienes (2.300 milhões de euros) nas novas instalações, na localidade de Shimoyama, na mesma província, que começarão a ser construídas em março, disse à agência Efe um porta-voz da Toyota.

O construtor considera ser "uma questão urgente" a melhoria do setor de I&D face às "mudanças drásticas que atualmente o negócio automóvel está a registar", além de que os atuais centros de que dispõe alcançaram o limite.


A Toyota prevê começar o trabalho no novo centro em abril de 2019, mas o trabalho em grande escala de todas as instalações está programado para começar em 2023, esclareceu a empresa. As instalações terão cerca de 650 hectares divididas por três áreas, incluindo escritórios e 11 circuitos para a realização de testes (estradas e autoestradas, além de uma via que imita as estradas montanhosas europeias).

Este será o primeiro centro de Investigação & Desenvolvimento que a Toyota vai criar no Japão desde 1984. O fabricante desenhou uma estratégia para potenciar a criação de veículos amigos do meio ambiente e, em 2017, anunciou uma aliança com a Mazda e com o fabricante de componentes Denso para desenvolver uma empresa de desenvolvimento de viaturas elétricas, que inclui a abertura de um centro de montagem no Alabama, Estados Unidos da América.

A Toyota quer que em 2030 pelo menos metade das suas vendas seja de veículos elétricos.
Segundo o site da Toyota em Portugal, o construtor automóvel tem mais de 340 mil colaboradores em fábricas nos cinco continentes e vende viaturas, carros e camiões, em mais de 160 países.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemToyota investirá 2,3 milhões de euros em centro de investigação
Publicado no Verdesobrerodas


Por Diário de Notícias conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário