Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Açores quer instalar 26 pontos de carregamento rápido

O Governo dos Açores vai abrir um concurso para a concessão e exploração de 26 pontos de carregamento rápido de promoção da mobilidade elétrica em todas as ilhas dos Açores, foi anunciado esta quarta-feira. 

A titular da pasta da Energia, Ambiente e Turismo referiu aos jornalistas, na cidade da Horta, ilha do Faial, que os 26 pontos de carregamento rápido para veículos elétricos em locais de acesso público serão "disponibilizados, explorados e mantidos por operadores de pontos de carregamento devidamente licenciados e ligados” à rede de mobilidade elétrica, através da entidade gestora da rede Mobi.E.

Marta Guerreiro, citada numa nota de imprensa do executivo dos Açores, adiantou que serão instalados “pontos de carregamento rápido de acesso público que cumpram os requisitos técnicos adequados, ficando garantida, quer a segurança dos equipamentos instalados, quer a lógica da circulação viária”. De acordo com a titular da pasta da Energia, está salvaguardada “a cobertura integral e equilibrada de todas as ilhas e concelhos, satisfazendo também as necessidades dos aglomerados populacionais mais afastados dos centros urbanos”.

Marta Guerreiro referiu que, numa primeira fase, será criada uma rede pública de postos de carregamento em todos os concelhos do arquipélago, com o objetivo de “proporcionar maior conforto e segurança aos utilizadores dos veículos elétricos nos vários percursos e itinerários que realizem, satisfazendo as necessidades imediatas ou urgentes de carregamento”.

A responsável anunciou, por outro lado, que está a ser desenvolvido um quadro legislativo regional que “visa, não só à sua projeção e implementação, como também a criação de incentivos financeiros, considerando a sua natureza estratégica e operacional”.
A iniciativa contempla ainda “incentivos não financeiros que visam a discriminação positiva dos utilizadores dos veículos elétricos, envolvendo entidades públicas e privadas na implementação de medidas e ações que estimulem a aquisição de veículos elétricos”.

“Queremos criar as condições para a efetiva introdução do veículo elétrico, contribuindo assim para a descarbonização do setor dos transportes terrestres. Os Açores reúnem características ideais para a implementação da mobilidade elétrica, considerando os percursos médios diários e a dimensão das ilhas, em contraponto com a autonomia crescente dos veículos elétricos”, concluiu.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemAçores quer instalar 26 pontos de carregamento rápido

Publicado no Verdesobrerodas



Por Açoriano Oriental conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário