Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 20 de janeiro de 2018

Para reduzir poluição do ar Paris investe em mobilidade elétrica

Paris, como boa parte das grandes cidades do planeta, vem lutando contra a poluição do ar e lança vários projetos para incentivar meios de transporte mais limpos. 

Uma dessas iniciativas é uma ajuda de custo para a compra de carros elétricos, além da substituição dos ônibus por veículos menos poluentes. 

Desde 1° de janeiro deste ano, quem quiser comprar um carro elétrico na região parisiense pode receber uma ajuda de custo de € 1.000 (cerca de R$ 4.000) do governo. 

A medida, que visa privilegiar o uso de veículos menos poluentes, está disponível por enquanto apenas para pequenas e médias empresas, e inclui o incentivo financeiro à compra de bicicletas elétricas ou ainda caminhões menos poluentes.

A cidade de Paris também tem feito esforços para renovar sua frota de transporte público. Há um ano e meio uma das linhas que cruza boa parte da cidade já conta com 23 ônibus elétricos e duas outras linhas acabam de ser equipadas com esse tipo de veículo. Além disso, as autoridades estão incentivando o uso de combustíveis menos poluentes para os ônibus turísticos e os barcos que navegam pelo rio Sena. O objetivo da região Île-de-France, onde fica a capital francesa, é de que 100% dos ônibus que circulam nas zonas mais densas sejam veículos menos poluentes.

As autoridades parisienses também incentivam outros meios de locomoção para completar sua malha já densa de transportes públicos que, além de ônibus e trens de periferia, conta com 14 linhas de metrô. Uma dessas soluções é o Vélib, sistema de bicicletas de aluguel que inspirou vários países, inclusive o Brasil. Com 1.200 estações e mais de 8.500 bicicletas, o dispositivo já faz parte da paisagem de Paris.

Além disso, a capital francesa propõe um sistema de aluguel de carros elétricos, disponível para qualquer residente habilitado. Totalmente automatizado, o Autolib custa menos que um táxi e o usuário por reservar tanto o veículo como a vaga de estacionamento.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemPara reduzir poluição do ar Paris investe em mobilidade elétrica

Publicado no Verdesobrerodas



Por RFI conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário