Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Range Rover Evoque deverá ter versão elétrica

Sinônimo de excelência, luxo, mas também eficácia entre os todo-o-terreno, a gama Range Rover pode vir a ganhar, em breve, novos elementos: uma variante de duas portas, hiper-luxuosa, além de uma nova família de modelos, vocacionada especialmente para o alcatrão.

Projetos que estão, neste momento, na fase de análise, da parte do estatutário construtor automóvel britânico. 
Relativamente à proposta de duas portas, a hipótese foi já admitida pelo chefe de design da Land Rover, o britânico Jerry McGovern. 

Que, em declarações ao site australiano Motoring, reconheceu que “a lacuna existe, pelo que, embora eu ainda não possa dizer de que forma ou quando, a oportunidade está aí”. “Nós já provamos, por diversas vezes, com a Range Rover, que existem espaços a preencher com derivações daqueles que são os modelos atuais, e cujo lançamento permitirá oferecer algo verdadeiramente novo ao mercado” Gerry McGovern, chefe de design da Land Rover.


De resto, a marca britânica terá patenteado, já este ano, a denominação Stormer, a qual foi utilizada pela primeira vez, num musculado protótipo de duas portas, dado a conhecer no Salão de Detroit de 2004. E que acabou por servir de base para o Range Rover Sport, lançado no mercado no final desse mesmo ano.

Por outro lado, importa não esquecer que, apesar das dimensões e vocação off-road dos seus modelos, a Land Rover já possui todo um passado de veículos de duas portas. A começar, desde logo, no Range Rover original, concebido precisamente como um duas portas, ao qual se seguiu a edição limitada Range Rover CSK — um tributo a Charles Spencer King, designer que criou a primeira geração. Sendo que, atualmente, a marca comercializa não somente uma versão de duas portas do Evoque, como a variante Convertible.

Este primeiro modelo, que deverá surgir com sistema de propulsão elétrica, poderá vir a ter apresentação durante o Salão Automóvel de Los Angeles de 2019, com as vendas a arrancarem pouco depois. Sendo que o modelo apostará, principalmente, em mercados como a americana Califórnia ou a mais distante China, que, por força dos regulamentos, obrigam a comercialização de veículos elétricos por parte dos construtores.

Recorde-se que, a exemplo da designação Velar, também o nome Road Rover tem tradição na Land Rover. Já que foi utilizado, nos idos anos 50 do século passado, para denominar um protótipo que pretendia fazer a transição entre os veículos de passageiros Rover e o Land Rover original. E que acabou por ser recuperado na década seguinte, na forma de uma carrinha de três portas, servindo igualmente de base para o protótipo que acabaria por estar na origem do primeiro Range Rover.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemRange Rover Evoque deverá ter versão elétrica

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário