Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Porsche Panamera Hybrid chega a quase 100 km em 3,2s

O sedã hatchback Panamera Hybrid Sport Turismo 2018 soma 680 cavalos de potência total e 86,51 mkgf de torque, mais do que o 911 GT3, de US$ 143.600, e que o enorme SUV Cayenne Turbo, de US$ 118.100. Para alcançar esses resultados, a fabricante usa a estratégia de impulso híbrido do roadster 918 Spyder, dominante nas pistas.

O carro pode chegar a 60 mph (96 km/h) em 3,2 segundos. A velocidade máxima é de 192 mph (308,99 km/h) — um feito excepcional, mas não inesperado entre os conhecedores da indústria automotiva. “A abordagem da Porsche para os híbridos plug-in é oferecer um leque sólido [de opções]”, disse Joe Wiesenfelder, editor-executivo do Cars.com. “Uma das áreas nas quais a BMW continua caindo é a da autonomia elétrica e seus plug-ins. São grandes veículos pesados que eles estão tentando transformar em híbridos. Pelo menos a Porsche está tentando fechar essa lacuna.”

A força do Sport Turismo Hybrid vem de um motor a combustão V8 twin-turbo de 550 hp e de um motor elétrico de 136 hp. O conjunto de força se une à transmissão automática “PDK” da Porsche, de oito velocidades, e à tração integral ativa padrão.

A bateria de íons de lítio de alta voltagem leva 12 horas para recarregar completamente com uma conexão comum de 120 V e 10 ampères; com um carregador on-board opcional de 7,2 kW, o tempo de recarga cai para menos de três horas. Cada um dos seis diferentes modos de direção oferece variados níveis de eficiência e desempenho, e o carro percorre 48 quilômetros apenas com energia elétrica antes de o motor a combustão regular assumir.
O novo plug-in turbo híbrido se encaixa bem esteticamente com as outras quatro variações de motor/transmissão da família Panamera Sport Turismo. Tem porta grande e baixa no porta-malas, teto alto, capacidade para cinco pessoas e amplo espaço para bagagem. O controle de cruzeiro adaptativo e a direção do eixo traseiro geram maior força nas curvas e em terrenos irregulares. O spoiler de teto adaptativo se move automaticamente para a posição mais elevada quando o carro ultrapassa 88 quilômetros por hora.

O novo hatchback também vem de fábrica com recursos-padrão como freios compostos cerâmicos, um pacote de ajustes Sport Chrono, rodas de 21 polegadas “Turbo Design” do 911 e sistema de suspensão a ar de três câmaras que suaviza a aceleração e a sensação do passeio.

Segundo Oliver Blume, presidente do conselho executivo da Porsche, o carro é voltado diretamente para o mercado dos EUA. No ano passado, as vendas do Panamera Hybrid subiram 66 por cento no país; os EUA também são o maior mercado mundial da Porsche para turbos, 25 por cento deles destinados apenas à Califórnia. Este novo modelo oferece aos compradores do estado sedentos por turbo mais uma opção da fabricante alemã no campo dos veículos híbridos que combinam praticidade e desempenho.

Os modelos básicos são vendidos a partir de US$ 188.400 e as entregas começam no segundo trimestre de 2018.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemPorsche Panamera Hybrid chega a quase 100 km em 3,2s 

Publicado no Verdesobrerodas



Por EXAME conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário