Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 23 de dezembro de 2017

Cidades da Alemanha recebem ônibus híbridos

A Mercedes-Benz acaba de lançar os seus novos ônibus Citaro híbridos destinados ao transporte de passageiros nas grandes cidades. As primeiras unidades desta viatura deixaram a fábrica no dia 22 de dezembro e passarão a integrar a frota da Stuttgarter Strassenbahnen AG (SSB) na cidade de Estugarda.

Estes modelos têm por base a tecnologia híbrida recentemente apresentada pela Mercedes-Benz, permitindo uma poupança de combustível que pode atingir os 8,5% de acordo com os dados avançados pela companhia germânica.
Um dos benefícios deste conjunto motriz híbrido passa pela assistência do motor elétrico de 14 kW e 220 Nm de binário nos momentos de arranque ou retomas – processo comum para estes veículos quando estão nas suas rotas urbanas – auxiliando assim no ganho de velocidade com redução nos consumos.

O motor elétrico em formato de disco está posicionado entre o motor térmico e a caixa de velocidades, dispondo ainda de regeneração da energia de travagem, a qual é armazenada nos capacitadores num sistema que é apelidado de ‘mild hybrid storage’ (MHS). Quando o ônibus volta a acelerar, o motor elétrico utiliza essa energia acumulada para assistir o motor térmico com o binário adicional. A Mercedes-Benz denomina-a de ‘fase de suporte’.

Ao nível dos componentes utilizados, a Mercedes-Benz Buses optou por diversos elementos produzidos internamente, como por exemplo com o mesmo alternador do atual Classe S, enquanto o sistema de arrefecimento para o motor elétrico e o inversor são já utilizados na divisão de Caminhões. Já a bomba de água pode ser encontrada em muitos dos veículos de passageiros da Mercedes-Benz. Todos os componentes deste sistema foram desenvolvidos com o objetivos de suportarem o ciclo de vida útil do ônibus, ajudando igualmente o motor de combustão interna e o sistema de travagem ao dispor de sistema de regeneração de energia cinética em travagem. 

Para uma manutenção mais fácil e de baixo custo, a Mercedes-Benz preferiu não recorrer a elementos de alta-voltagem, optando, ao invés, por este sistema de 48 V de baixa voltagem que pode ser manuseado sem risco de lesões severas. Mesmo os intervalos de manutenção mantiveram-se iguais nos 60.000 quilômetros ou uma vez por ano. 

Por fim, uma outra inovação deste Citaro Hybrid é o sistema de direção ecológica assistida, que apenas entra em ação quando é necessária, ou seja, quando o motorista vira o volante. Num veículo convencional, a direção assistida está em ação de forma contínua.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemCidades da Alemanha recebem ônibus híbridos.

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário