Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

BMW registra denominações para versões elétricas

A BMW vai expandir a sua gama de veículos elétricos e híbridos, com o lançamento de um novo modelo de pequenas dimensões, de novos topos de gama e SUVs.

A marca já registou as denominações de i1 a i9, para os modelos com carrocerias convencionais, e iX1 a iX9 para os SUV, avançou o CEO Harald Krueger.Entre os modelos já anunciados conta-se a berlina média i5, o grande e luxuoso i9 e o iX3, que será o primeiro SUV eletrificado da marca.
A imprensa especializada garante também que haverá uma versão 100% elétrica do i8 e uma variante crossovers que será batizada como iX8.

As denominações registadas sugerem que a BMW poderá ter em carteira dois novos grandes SUVs, o X8 e o X9, para mercados como os EUA, China, Rússia e Médio Oriente, que ficarão posicionados na gama acima do já de si enorme X7, com as suas 3 filas de bancos e os seus mais de 5 metros de comprimento, e que será lançado já em 2018. Como é habitual na marca, os números ímpares referem-se a carroçarias SUV mais convencionais e os pares a versões de SUV coupés.

Como parte da ofensiva SUV da BMW para o próximo ano, e além do X7, está também confirmado o lançamento do X2, elevando para um total de 7 modelos a gama de SUVs da marca. A BMW tem neste momento em catálogo dois modelos da família i - o citadino 100% elétrico i3 e o desportivo plug-in híbrido i8 – a que se somam as versões híbridas iPerformance dos Séries 3, 5 e 7 séries e do SUV X5.

As previsões da marca apontam para vendas de 100 mil veículos eletrificados este ano e de c150 mil em 2018. Nos primeiros dez meses vendeu um total de 78,1 milhares de elétricos e híbridos. Mais de 80 mil dos 200 mil veículos eletrificados da BMW em circulação são do modelo i3. A taxa de fidelização dos clientes de veículos eletrificados BMW é de 80%, significando que oito em cada dez clientes do i3 e do i8, mantém a opção pelos elétricos.

Até 2025, a BMW terá uma oferta de 25 modelos eletrificados, dois quais 12 serão 100% elétricos, que representarão entre 15% e 25% das vendas mundiais da marca. A quinta geração de baterias deverá aumentar a autonomia média dos 100% elétricos para cerca de 600 quilômetros, com tempos de carga reduzidos a um terço.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemBMW registra denominações para versões elétricas

Publicado no Verdesobrerodas



Por automonitor conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário