Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Aptiv quer faturar com dados gerados por VEs autônomos

A Delphi Automotive, que está mudando seu nome para Aptiv, quer reduzir o custo de veículos autônomos em mais de 90 por cento, para cerca de 5 mil dólares, até 2025, de acordo com o presidente-executivo Kevin Clark.

A ação da Aptiv, que começa a ser negociada na terça-feira sob o ticker APTV na bolsa de Nova York, também quer ajudar as montadoras a repensar a forma como os veículos são projetados e montados e ganhar dinheiro com os dados gerados por veículos elétricos autônomos.

A Delphi Technologies, uma companhia separada, continuará a ser listada sob o símbolo DLPH e focará em componentes tradicionais de motores. A Aptiv se concentrará em direção autônoma e outras tecnologias.

Embora as atuais estimativas para o custo de um pacote dehardware e software para direção autônoma variem de 70 mil a 150 mil dólares, “o custo do conjunto de direção autônoma até 2025 diminuirá para cerca de 5 mil dólares, devido ao desenvolvimento da tecnologia e o (maior) volume”, disse Clark em entrevista.

Uma das maiores oportunidade para a redução de custos, disse Clark, acontecerá com as montadoras, em parceria com companhias como a Delphi/Aptiv começando a refazer a engenharia básica das plataformas dos veículos, especificamente para acomodar motores elétricos, baterias e sensores automotivos. “Olhando daqui cinco a dez anos, considerando a quantidade softwares inseridos nos carros, a complexidade dos sistemas (de direção autônoma) e infotenimento, a arquitetura básica do veículo precisa ser repensada”, ele disse.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemAptiv quer faturar com dados gerados por VEs autônomos

Publicado no Verdesobrerodas



Por EXAME conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário