Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Toda linha Opel/Vauxhall terá versão elétrica

A Opel vai passar a fabricar todos os automóveis a partir de da cidade de Russelheim e pretende tornar-se líder na redução de emissões de gases poluentes. O objetivo passa por voltar aos lucros. 

O plano estratégico para o futuro da Opel/Vauxhall, após a sua aquisição pelo grupo PSA, prevê um regresso aos lucros a partir de 2020, com uma margem operacional de 2% e 6% em 2026, anunciou a empresa esta quinta-feira.
O plano prevê que a aquisição da Opel/Vauxhall pela PSA vá gerar sinergias de 1.000 milhões de euros em 2020 e 1.700 milhões em 2026, bem como um ponto de equilíbrio financeiro para a empresa adquirida a partir da produção de 800.000 veículos.

De acordo com a empresa, a Opel/Vauxhall vai tornar-se “líder” na redução das emissões de CO2 na Europa e em 2024 todas as linhas de automóveis de passageiros terão propulsão elétrica, oferecendo uma unidade de bateria pura ou uma versão mista com motores de combustão eficiente. Em 2020, a empresa terá quatro linhas de modelos elétricos no mercado, incluindo o Grandland X PHEV e a nova geração do Corsa como veículo totalmente elétrico.

A empresa deverá melhorar a sua competitividade em 2020, reduzindo os custos em 700 euros por carro, entre outros fatores. Além disso, as eficiências gerais serão aumentadas e a proporção de despesas e receitas aumentará de 5,6 para 4,7%. A investigação, o desenvolvimento e o investimento em bens de capital serão otimizados até 7 ou 8%, segundo a empresa automóvel.

A empresa pretende também melhorar a competitividade das fábricas Opel/Vauxhall, o que permitirá novas atribuições de veículos proporcionando um melhor índice de utilização na próxima década. As duas plataformas modulares PSA CMP e EMP2 estarão localizadas nas fábricas Opel/Vauxhall. A plataforma EMP2 para veículos todo-o-terreno ligeiros será instalada em 2019 na fábrica da Opel, na cidade alemã de Eisenach.

Todos os novos carros Opel/Vauxhall serão concebidos na cidade de Russelheim, que se tornará um “centro de competência global” para o grupo PSA como um todo, revelou a empresa. O CEO da Opel/Vauxhall, Michael Lohscheller, e o CEO do PSA, Carlos Tavares, vão dar mais detalhes sobre o plano estratégico em conferência de imprensa esta quinta-feira.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemToda linha Opel/Vauxhall terá versão elétrica

Publicado no Verdesobrerodas



Por ECO Economia Online conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário