Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

BMW investe 200 milhões de euros na investigação de bateria para VE

Este espaço, em que a BMW investe 200 milhões de euros na investigação às baterias para veículos elétricos, irá fazer pesquisas para obter as melhores especificações para os modelos da marca bávara e ajudar a expandir o seu conhecimento sobre estas tecnologias.

A BMW continua a assumir-se como uma das marcas na vanguarda das novas formas de propulsão para os automóveis, especialmente pelos modelos eletrificados com a designação i (os BMWi e iPerformance) e está a preparar uma nova aposta.
A marca bávara vai abrir agora um novo centro de investigação para as baterias destinadas a veículos elétricos e híbridos de Plug-In, com inauguração prevista para o início 2019. Ao longo dos próximos quatro anos, a BMW investe 200 milhões de euros na investigação às baterias, uma forma de ajudar a cumprir o objetivo de introduzir até meio da próxima década uma gama com 25 modelos eletrificados, entre os quais 12 propostas totalmente elétricas.

A explicação para o investimento neste novo polo de investigação ficou a cargo de Oliver Zipse, membro do Conselho de Administração da marca de Munique. Este executivo começou por afirmar que “ao produzir protótipos de células, podemos analisar e compreender na totalidade o processo de criação de valor nas células. Com esta experiência ‘build-to-print [em que o cliente indica as suas exigências] podemos habilitar potenciais fornecedores a produzir células de acordo com as nossas especificações”. Além de destacar este facto, que permite criar produtos mais adaptados às necessidades da marca, Zipse referiu ainda que “o conhecimento que vamos ganhar é muito importante, independentemente de produzirmos nós próprios as células ou não”.

A progressiva expansão das capacidades das baterias, e consequentemente da autonomia dos carros, é essencial para a ofensiva elétrica da marca. O objetivo passa por oferecer, brevemente, aos BMW 100% elétricos a possibilidade de cumprir 700km entre carregamentos, e garantir que os híbridos de Plug-In conseguem fazer 100km sem emissões poluentes. Como parte dos planos desta ofensiva elétrica a marca bávara revelou recentemente mais um concept com estas características, o iVision Dynamics desvendado no Salão de Frankfurt, modelo que anuncia um futuro rival para o Tesla Model 3.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemBMW investe 200 milhões de euros na investigação de bateria para VE

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário