Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Sant’Agata mostrará Lamborghini SUV híbrido

No início de dezembro a marca de Sant’Agata Bolognese apresentará oficialmente um modelo que já está há vários anos em sua agenda: o Lamborghini Urus. Não se trata de um superesportivo tradicional de carroceria grudada no solo, conforto reduzido, interior de dois lugares e motor atrás dos bancos, mas de um SUV de alto desempenho com uma versão híbrida e um V8 biturbo.

O Lamborghini Urus ajudará a multiplicar as vendas da marca e obter uma maior rentabilidade, pois os italianos acreditam que este tipo de veículo, um SUV de elevadas capacidades dinâmicas, pode atrair novos clientes que até agora não haviam considerado a compra de um produto da Lamborghini. Apesar de tudo isso, a marca deixa claro que os motores V10 e V12 não irão morrer tão facilmente dentro da empresa.

Os britânicos da Autocar conversaram recentemente com Maurizio Reggiani, que é o responsável pelo desenvolvimento da marca. Reggiani declarou que “meu sonho é manter o motor aspirado o maior tempo possível. É uma sensação emocionante em um superesportivo”. Reggiani acrescentou ainda que “nosso DNA é o design, a emoção e o desempenho, para fazer com que a experiência com o carro seja única”. “A aspiração atmosférica é parte do DNA de um superesportivo. Nenhum outro motor pode proporcionar a mesma emoção, resposta e som. É único e isso marca a diferença hoje na Lamborghini”.

Na entrevista com a Autocar, Reggiani deixa muito claro que seu desejo é prolongar a vida dos V10 e V12 durante o máximo tempo possível, mas também afirma que seus engenheiros estão trabalhando duro em sistemas de propulsão alternativos e como reduzir ao máximo o peso dos componentes elétricos e baterias, pois este é o problema principal dos modelos híbridos de alto desempenho. Aproveitemos enquanto for possível essa marca e de sua atual filosofia, porque por muito que queiramos negar, tudo mudará mais cedo ou mais tarde.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemSant’Agata mostrará Lamborghini SUV híbrido

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário