Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Mitsubishi mostra crossover elétrico no Salão de Tóquio

A Mitsubishi levou até ao Salão de Tóquio o e-Evolution. Trata-se de uma reinvenção total do que foi o Evolution até hoje. O nome Evolution regressa à Mitsubishi mas não da forma que estávamos à espera. 

O concept que carrega o legado do nome Evolution — que se prolongou por 10 gerações e 15 anos —, nem anuncia o regresso da marca nipônica ao WRC, e pouco ou nada tem a ver com a berlina vitaminada que conhecíamos.

A Mitsubishi pegou na denominação mais preciosa da sua história e aplicou-a num novo crossover elétrico de elevadas performances. A marca define-o como um concept para “ilustrar as direções estratégicas da renovada marca MMC (Mitsubishi Motor Corporation) que incorpora as forças dos SUV, veículos elétricos e a capacidade de integrar novos sistemas para uma experiência do cliente em mobilidade conectada”. 

Apesar da revelação do novo concept, continuamos sem saber muito sobre o e-Evolution. Como já referimos antes, tem três motores elétricos: um no eixo dianteiro e dois atrás. Os dois motores traseiros recebem a denominação Dual Motor AYC (Active Yaw Control), possuem um sistema eletrônico de vetorização de binário — o que deverá garantir toda a eficácia expectável de um Evo.

As baterias estão localizadas entre os eixos para garantir a melhor distribuição de peso possível como um centro de gravidade baixo. Capacidade, autonomia, potência ou performances permanecem desconhecidos. O outro destaque tecnológico é o recurso à Inteligência Artificial (IA). Um conjunto de sensores e câmeras permite à IA ler e interpretar o que acontece à frente do carro e perceber quais as intenções do condutor.

Até providencia um programa de treino — a IA consegue avaliar as capacidades do condutor, vindo em seu auxílio, dando-lhe indicações, seja através do painel de instrumentos ou de comandos de voz. O objectivo é melhorar as capacidades do condutor e garantir um superior aproveitamento do potencial de performance da máquina e enriquecimento da experiência de condução.

O Mitsubishi e-Evolution é para já apenas e só um concept. Os rumores apontam para que em 2022-23 surja um novo Evolution. A marca não confirma que o concept revelado em Tóquio antecipe o modelo de produção. A justificação para um novo Evo tardar tanto relaciona-se com a nova fase de existência da marca que passou a integrar a aliança Renault-Nissan, passando a chamar-se, previsivelmente, Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi.

Como tal, a prioridade passará por lançar seis novos modelos e atualizar outros cinco até 2020. Faz tudo parte do plano de recuperação da marca para incrementar vendas e faturação, aproveitando as sinergias da aliança. É de esperar um foco em novos SUV e mais modelos eletrificados.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemMitsubishi mostra crossover elétrico no Salão de Tóquio

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário