Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

UE quer consórcio para fabricar baterias para VEs

A União Europeia lançou o mote para ser criado no espaço europeu um consórcio de grandes dimensões que permita à Europa ganhar terreno na competição da fabricação de baterias para automóveis elétricos perante concorrentes chineses e americanos. O modelo ‘Airbus’ é o exemplo que ilustra na perfeição a intenção da UE.

Maros Sefcovic, Vice Presidente da Comissão Europeia para a Energia, afirmou na passada semana ao jornal alemão 
Sueddeutsche Zeitung «temos que reconhecer que os EUA e a China estão a acelerar o desenvolvimento de soluções ligadas à mobilidade elétrica. Na Europa estamos ainda bastante lentos neste campo». 

O exemplo da Airbus remonta à década de 70 quando as empresas da indústria aeroespacial de todo o continente europeu uniram esforços para concorrer com o gigante americano Boeing, Maros Sefcovic afirmou mesmo que «precisamos de uma Airbus para as baterias». As empresas europeia, incluindo as fabricantes de automóveis terão de assumir o compromisso de adquirir baterias fabricadas na Europa em vez de recorrerem à solução barata de importarem componentes de iões de lítio da Ásia.

No meio do frenesim ligado ao automóvel elétrico, por muitos defendido como o caminho do futuro, a certeza é ainda uma: o mercado ainda não apresenta números significativos de automóveis totalmente elétricos ou híbridos que justifiquem um investimento tão forte em termos industriais em território europeu.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemUE quer consórcio para fabricar baterias para VEs

Publicado no Verdesobrerodas



Por  MaisTecnologia conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário