Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 3 de setembro de 2017

BMW i1 Isetta deverá ser 100% elétrico

A marca Isetta é um ícone no setor automobilístico. Esse pequeno automóvel de três rodas, com seu peculiar design e sistema de acesso ao habitáculo, teve sua época dourada há mais de meio século. O BMW Isetta foi comercializado entre os anos de 1955 e 1962 e era considerado como um dos microcarros mais bem-sucedidos já produzidos após a Segunda Guerra Mundial. 

Tal é a posição que deixou dentro da indústria, que vários projetos atuais buscam repetir aquele sucesso. Mas como seria uma reinterpretação desse veículo no futuro? As imagens respondem a essa pergunta. Trata-se do BMW i1 Isetta Concept. Um interessante projeto realizado pelo designer americano Justin Hyunjung Cho, que buscou utilizar como base o clássico Isetta para torná-lo um carro do futuro. Um veículo puramente urbano que encaixaria perfeitamente dentro de uma frota de carsharing. Um carro perfeito para o cidadão que reside em uma grande cidade.

Por outro lado, o nome que recebe esse hipotético modelo, revela que também foi levada em conta a família BMW i. O i1 Isetta seria o veículo de acesso a essa linha e poderia ser comercializado a particulares, ou seria focado a um serviço da BMW de carros de aluguel nas grandes cidades. Uma ideia que não soa estranha, já que a marca comentou em mais de uma ocasião, que estão analisando soluções de mobilidade urbana para dar a resposta às demandas dos cidadãos nos próximos anos.

Esteticamente, o BMW i1 Isetta mantém algumas qualidades do modelo original. Apresenta dimensões muito compactas, um tamanho perfeito para as abarrotadas cidades. Mede 2.695 (comprimento) x 1.355 (altura) x 1.514 (largura) mm. Sua distância entre-eixos é de 1.870 mm. Também não conta com as portas tradicionais. O acesso é feito pela frente do veículo já que um enorme painel - como uma porta - se deslizará até em cima. Além disso, conta com uma função de abertura mãos livres, muito similar às tampas elétricas dos porta-malas atuais, que podem ser abertas com um movimento do pé.

No que diz respeito ao interior, percebe-se que o espaço foi maximizado graças à eliminação dos controles tradicionais. Chama a atenção que i1 Isetta é desprovido do volante de direção, portanto, tudo indica que estamos diante de um veículo autônomo. Para solicitar que o carro venha até nossa localização, é preciso somente utilizar um aplicativo no smartphone e solicitar o uso desse serviço.

Embora não tenha sido comentado nada em relação à mecânica que propulsionará esse veículo, o mais lógico é que o BMW i1 Isetta seja um carro 100% elétrico. Um conceito que de maneira indiscutível estará ligado ao futuro da mobilidade sustentável e urbana.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemBMW i1 Isetta deverá ser 100% elétrico

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário