Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 12 de agosto de 2017

Proprietários de caros elétrigos estão faturando até US $ 1.530

Os proprietários de carros elétricos estão ganhando em torno de US $ 1.530 por ano apenas por estacionar o veículo e permitir que parte de sua carga seja devolvida à rede elétrica.

Os testes realizados na Dinamarca geridos pela Nissan e a empresa italiana de energia elétrica a Enel SpA, mostraram que as baterias dos carros elétricos podem ajudar a equilibrar a oferta e a demanda de eletricidade e, ao mesmo tempo, fornecer receita para proprietários de VEs.
A tecnologia que liga veículos à rede marca outro desafio para as utilities que estão trabalhando para integrar energia eólica e solar em seu sistema de distribuição. À medida que o uso de carros plug-in ampliar, os gerentes da rede terão que prestar mais atenção neste segmento.
Enquanto a montadora de Tóquio tem testes com mais de 100 carros em toda a Europa, apenas aqueles na Dinamarca podem ganhar dinheiro alimentando o poder de volta à rede. Lá, as operadoras de frotas coletaram cerca de 1.300 euros (US $ 1.530) por ano usando os pontos de cobrança de dois vias, disse Carranza.
Espera-se que a demanda de carros elétricos em todo o mundo suba, aumentando a pressão sobre as operadoras da rede para encontrar novas formas de equilibrar a demanda. O consumo de energia dos veículos crescerá para 1.800 terawatt-hora em 2040 de apenas 6 terawatt-hora agora, de acordo com Bloomberg New Energy Finance.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Proprietários de caros elétrigos estão faturando até US $ 1.530
Publicado no Verdesobrerodas



Por Bloomberg conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário