Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

''Kombi elétrica'' chegará em 4 anos

Mostrada como conceito no Salão de Detroit em janeiro deste ano, o novo Volkswagen I.D. Buzz está prestes a ganhar as ruas. A fabricante alemã confirmou durante o Pebble Beach Concours d’Elegance, no último final de semana na Califórnia, que o novo protótipo será o segundo modelo da família I.D. de elétricos a chegar à linha de produção (o primeiro será o I.D. hatchback). Dá para dizer que este modelo vai se posicionar como uma “Kombi elétrica”.

“Depois de grandes apresentações em eventos globais (Detroit e Genebra), recebemos um grande número de cartas e e-mails de clientes que disseram: “por favor, fabriquem esse carro”. O Microbus [a Kombi no mercado norte-americano] faz parte do estilo de vida da Califórnia. Agora, estamos trazendo de volta ao reinventa-lo como um veículo elétrico”, disse o diretor-executivo da Volkswagen, Herbert Diess.

Para o presidente-executivo da VW na América do Norte, Hinrich J. Woebcken, o I.D. Buzz é “o equilíbrio perfeito entre emoção, usabilidade e sustentabilidade, ao mesmo tempo em que mostra a nossa liderança tecnológica. A posição de assento elevada, a capacidade de carga, a versatilidade geral e a opção de tração nas quatro rodas, embaladas em um design tão atraente, são exatamente o que os clientes esperam da VW”.

O lançamento da versão de produção do Volkswagen I.D. Buzz está marcado para 2022. Logo, não há detalhes a respeito do conjunto mecânico do modelo, por exemplo. Entretanto, o protótipo era dotado de um propulsor elétrico de 370 cv, com tração nas quatro rodas, capaz de leva-lo aos 100 km/h em cerca de cinco segundos e, juntamente com a bateria de 111 kWh, oferecer autonomia de 600 km.

Sabe-se que a nova perua elétrica será construída a partir da plataforma MEB, projetada exclusivamente para carros “ecológicos” da marca com propulsão elétrica. Além disso, o modelo deve oferecer alguns recursos extras, como o sistema ID Pilot de condução totalmente autônoma. Pelo menos por enquanto, o I.D. Buzz de produção está confirmado apenas para a América do Norte. 

E você, gostaria da volta da Kombi por aqui também? 

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem''Kombi elétrica'' chegará em 4 anos

Publicado no Verdesobrerodas



Por AUTOO conteúdo     

2 comentários:

  1. SERIA MUITO INTERESSANTE POSSUIR ESTE VEICULO....

    ResponderExcluir
  2. A Volks já tá saindo na frente da Tesla que não tem uma minivan elétrica em mente.

    ResponderExcluir