Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Empresas fazem parceria para avançar na mobilidade elétrica

A Copel e o Centro de Excelência para Inovação da Indústria Automóvel (), de Portugal, firmaram um protocolo de intenções para cooperação técnica e científica na aplicação de tecnologias de redes elétricas inteligentes e mobilidade elétrica. O documento foi assinado no último sábado (29) em reunião com o presidente da Copel, Antonio Guetter, o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Manuel Heitor, e o presidente do CEIIA, José Rui Felizardo.

“Com a assinatura do protocolo, a Copel dá mais um passo em direção à concretização de seus projetos de inovação, focando a estruturação das redes inteligentes como forma de viabilizar importantes projetos, como a formação de uma futura rede de abastecimento de veículos elétricos”, disse Guetter. “Estamos nos preparando para os novos tempos da energia, de redes inteligentes, acionamento de aparelhos à distância, carros elétricos e geração distribuída. A Copel do futuro será uma empresa com diversificação de serviços”, completa.

O presidente do CEIIA destacou a Copel como parceiro ideal para a transferência do know-how da empresa portuguesa neste assunto e sua consequente aplicação na realidade brasileira. “Portugal é referência no mundo da mobilidade elétrica e tem vários cases de cidades inteligentes que usam essa tecnologia. E a Copel é referência na América Latina”, completou.

Para Felizardo, outra característica da Companhia Paranaense que facilita a aplicação dos projetos de redes inteligentes e geração distribuída é o backbone de fibra óptica que alcança todos os municípios do Estado. “Acredito que num prazo muito mais curto do que se imagina a mobilidade elétrica seja uma realidade no Paraná, uma vez que a rede da Copel facilita muito a aplicação dessas tecnologias”, disse.

No encontro, o ministro Manuel Heitor relatou a experiência portuguesa no assunto e se disse muito otimista com o trabalho conjunto entre os países-irmãos. “A cooperação entre Brasil e Portugal é longa, já passou por várias fases, e eu espero que mais uma vez se possa construir uma relação entre os setores público e privado para desenvolver projetos nessa área também aqui. A cooperação da Copel e o CEIIApode juntar não apenas o expertise que Portugal tem, mas também o expertise da Copel”

A parceria deve render, até o final do ano, um projeto já palpável para o desenvolvimento da estrutura necessária ao fomento da mobilidade elétrica, a começar por Curitiba. “A cidade é referência em mobilidade desde a década de 70, quando estruturou seu sistema de transporte urbano, por isso é natural que aconteça na cidade uma nova revolução na área de energia”, completou o ministro.

O prefeito Rafael Greca, entusiasta do assunto, destacou seu apoio às ações que a Copel vai traçar a partir daí. “É nossa grande empresa, de qualidade, de comprometimento. Da Copel saem grandes projetos para a população, afirmou. O secretário estadual do Planejamento, Juraci Barbosa Sobrinho, também diz ver a parceria com os portugueses como promissora para o Paraná. “Portugal tem bons projetos de mobilidade elétrica e smart energy. A Copel fará um intercâmbio com bons frutos para o Estado”, disse.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemEmpresas fazem parceria para avançar na mobilidade elétrica

Publicado no Verdesobrerodas



Por Agência de Notícias do Paraná conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário