Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Carro elétrico deverá aumentar demanda por aço

O impulso para carros mais verdes proporcionará oportunidades de crescimento para a indústria siderúrgica, uma vez que a eletrificação do transporte cria novos mercados para os fornecedores, fortemente dependentes dos carros convencionais.

Pesquisa da Tata Motors, visando explicar como as siderúrgicas responderão à revolução elétrica sugere que, ao invés de se afastar do aço, as empresas de automóveis, provavelmente, usarão mais ainda para tentar reduzir o preço dos carros.
A pesquisa da Tata indica que os veículos elétricos impulsionarão um aumento de 4,2 milhões de toneladas por ano na demanda de aço, na Europa entre 2015 e 2050, para quase 22,5 milhões de toneladas por ano. Espera-se que cerca de 1,6 milhões de toneladas sejam usados ​​em baterias e motores elétricos, sendo o resto usado em partes estruturais dos carros.
  
O alumínio já é usado por alguns fabricantes devido às suas propriedades leves para reduzir o peso das baterias em carros elétricos. No entanto, é caro e os fabricantes podem procurar alternativas mais baratas à medida que os carros elétricos se tornam mainstream para evitar que eles subam de preço.

Com as novas regulamentações que estão sendo impostas em partes da Europa, proibindo a venda de carros novos com gasolina ou motores diesel até 2040, os carros elétricos terão significativo aumento de participação de mercado, logo soluções econômicas precisam ser encontradas.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Carro elétrico deverá aumentar demanda por aço
Publicado no Verdesobrerodas



Por telegraph conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário