Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Correios de Aveiro utiliza carro elétrico português

Transferir um projeto da teoria para a prática nem sempre é um processo fácil, especialmente para as empresas mais jovens, como é o caso da UOU, start-up nacional que está a dar passos importantes no desenvolvimento de soluções de mobilidade elétrica.

Com um veículo bastante peculiar – comummente apelidado ‘ovo’ pelo seu formato redondo – ao serviço dos Correios de Portugal (CTT) na cidade de Aveiro, a UOU conta assim com um importante meio de divulgação da sua visão de mobilidade elétrica, mesmo que numa fase ainda de testes e de avaliação por parte da empresa de distribuição de correios.

O projeto do You – assim se chama este pequeno veículo redondo – é relativamente recente, conforme explicou ao Motor24 uma das cofundadoras deste carro elétrico, Isa Silva, da UOU Mobility, recordando que este veículo nasceu da vontade de fazer algo diferente para a área do turismo. “A ideia nasceu em conjunto com um colega, sendo quer era até muito mais direcionado para a área do turismo. Experimentamos alguns veículos já existentes para dar corpo à nossa ideia, mas nenhum correspondia ao que pretendíamos. Assim, decidimos criar este projeto”, começa por explicar aquela responsável, que aponta alguns percalços naturais de quem começa um projeto desta natureza.

“Nenhum de nós era da área automóvel. Eu era designer e o outro colega economista. Depois foi toda uma aventura”, acrescentando que a recente parceria com os CTT para ter um dos seus veículos em testes em Aveiro pode ajudar a companhia a dar um passo em frente, mas sempre consolidado e com o foco direcionado para o turismo. Sobre este projeto-piloto com os CTT, Isa Silva recorda que foi apresentada “uma proposta em 3D do veículo e surgiu um grande interesse por parte da empresa para ficarem a conhecer o veículo, testaram-no e depois chegamos a acordo para o colocar ao serviço dos CTT”.

O veículo que está hoje em funções naquela cidade do Norte é, no entanto, bem diferente daquele que foi inicialmente projetado: “Adaptámo-lo para esta função. 

O veículo ainda é um protótipo e está em testes, mas foi adaptado para estar ao serviço dos correios. Inicialmente, tinha espaço atrás para um passageiro, mas depois alteramo-lo para poder levar carga para este tipo de funções”.

Sempre com os pés bem assentes no chão, é ainda assim abordada com natural expectativa e satisfação a possibilidade de os CTT virem a necessitar de mais destes veículos. Para já, porém, os testes são de grande importância, sobretudo pela vertente de utilização que lhe é dada: “É uma grande oportunidade que temos… Ter um cliente como os CTT que dá uma utilização intensiva ao veículo. É um teste que precisam de ver e comprovar na estrada. Trata-se de um veículo pequeno, com três rodas, ágil e os CTT são a melhor empresa para ensaiar o veículo ao garantir uma utilização intensiva”.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemCorreios de Aveiro utiliza carro elétrico português

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo  

Nenhum comentário:

Postar um comentário