Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

CarSharing de SP é composto pelo BMW i3 e Smart Fortwo Electric

A cidade de São Paulo agora possui um serviço de compartilhamento de carros elétricos. O projeto da empresa LDS Group pretende atender os clientes que precisam de um carro para trajetos curtos. Assim, a frota inicial é composta pelos modelos BMW i3 e Smart Fortwo Electric.

No entanto, por causa da baixa oferta de veículos no mercado, a empresa – que utiliza o nome Urbano LDSharing – terá apenas 60% da frota eletrificada.
Atualmente são 60 carros (15 elétricos), mas o projeto é ter 80 veículos até setembro e 300 em 2018. Mas, quando alcançar essa meta, apenas 50% do total terá emissão zero. O motivo é o mesmo, falta de veículos no mercado.

Diferente das bicicletas compartilhadas que operam na cidade, os carros da Urbano LDSharing não têm pontos específicos, mas áreas. Estas variam de um quarteirão até um bairro inteiro. Através de um aplicativo, o usuário localiza o carro, destrava e começa a dirigir. A tarifa é de R$ 29,00 para os primeiros 20 minutos, mas há outras opções de preços.

A intenção é ter 15 áreas de atuação em São Paulo e média de quatro carros por km quadrado, evitando assim que o usuário ande mais que 250 metros para acessar o veículo. Inicialmente serão atendidos os bairros Jardim Europa, Vila Olímpia, Vila Nova Conceição, Itaim Bibi, Moema e Brooklin Paulista. Com investimento de R$ 25 milhões, a Urbano LDSharing quer ir bem mais longe. Sua meta é ter no futuro entre 5 mil e 10 mil carros compartilhados.

Com esse novo serviço, São Paulo segue o modelo visto em Fortaleza, onde já rodam 20 carros elétricos com 2.000 usuários cadastrados, onde os clientes da faixa etária entre 21 e 30 anos representa 39% do total. O serviço é operado em parceria com a prefeitura e possui estações de entrega e retirada. O custo de 30 minutos é de R$ 20,00.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemCarSharing de SP é composto pelo BMW i3 e Smart Fortwo Electric

Publicado no Verdesobrerodas



Por Notícias Automotivas conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário