Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Saúde do Médio Tejo eletrifica frota de atendimento

A Saúde do Médio Tejo foi hoje reforçada com a entrega de 13 viaturas elétricas que prestarão apoio às Unidades de Saúde Familiar dos 13 municípios da região. 

Os presidentes das 13 autarquias e o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, marcaram presença na Câmara Municipal do Entroncamento durante a cerimônia em que foram assinados os protocolos entre as entidades envolvidas e entregues os novos veículos.

A aquisição das 13 viaturas elétricas, uma para cada concelho, resulta da candidatura “Unidades Móveis para Cuidados de Saúde na Comunidade” apresentada pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIM do Médio Tejo) ao Programa Operacional Regional Centro 2020 e envolve um investimento na ordem dos 440 mil euros. O total elegível é suportado em 85% por fundos comunitários e a componente nacional pelas autarquias que asseguram, igualmente, as baterias elétricas e os seguros.

À Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e à Unidade Local de Saúde de Castelo Branco (ULSCB) compete garantir os recursos humanos e materiais necessários e os custos associados ao carregamento das baterias e à manutenção automóvel. Por sua vez, a empresa Mobi.e – Rede de Mobilidade Elétrica compromete-se a instalar um ponto de carga para veículos elétricos em cada município.

Maria do Céu Albuquerque esteve presente enquanto presidente da Câmara Municipal de Abrantes e da CIM do Médio Tejo, tendo referido no seu discurso enquanto representante da última entidade que o projeto inicial envolvia apenas “duas ou três viaturas” e que o envelhecimento da população gerou a necessidade de “novas respostas”. A solução encontrada resultou, nas palavras do secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, num momento “histórico” para o país, destacando ainda a união das áreas da saúde e do ambiente.
  
Os três protocolos assinados esta terça-feira oficializaram a parceria da CIM do Médio Tejo com, no primeiro caso, a ARSLVT e a ULSCB, em segundo, com os concelhos da sua área de intervenção e, em terceiro lugar, com a empresa Mobi.e. A entrega das viaturas abrange cerca de 250.000 pessoas da região que passam a ter que se deslocar com menos frequência às Unidades de Saúde Familiar e às extensões de saúde dos respetivos concelhos.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemSaúde do Médio Tejo eletrifica frota de atendimento

Publicado no Verdesobrerodas



Por mediotejo.net conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário