Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Novo NSX da Honda será elétrico puro

A segunda geração do NSX mal chegou ao mercado e a Honda já fala na terceira encarnação do superesportivo. Isso porque o modelo foi um dos temas abordados no Honda Meeting 2017, evento realizado no centro de pesquisa e desenvolvimento da marca, em Tochigi, no Japão.

Na ocasião, a Honda destacou o EV Concept, um carro de competição com o qual a marca disputa a famosa subida de Pikes Peak, nos EUA.
Trata-se do primeiro supercarro com quatro motores elétricos independentes, um para cada roda. Ele possui mais de 1.000 cv! Pelo que apuramos com os engenheiros da Honda, o EV (que leva a carroceria do NSX atual) não é apenas um simples carro de corrida. Na verdade, ele é um laboratório de engenharia para o desenvolvimento da próxima geração do NSX. O desafio é como implementar essa tecnologia num carro de rua, e que não fique com preço impraticável. Também é provável que a potência na casa dos quatro dígitos seja reduzida no modelo que vai às lojas. 

O NSX atual é equipado com um motor 3.5 V6 turbo a gasolina em posição central e mais dois motores elétricos que, juntos, somam 581 cv e garantem tração nas quatro rodas. Já o próximo NSX abandonaria o V6 a gasolina e adotaria quatro propulsores elétricos posicionados um em cada roda. 

Dados do EV de corrida mostram peso de 1.500 kg, o que seria incrementado no carro de produção devido ao acabamento e equipamentos obrigatórios. Mas, mesmo assim, dados preliminares dão conta de uma aceleração de 0 a 100 km/h em 2,5 segundos e de 0 a 200 km/h em apenas 6,2 segundos! Se você não pegar tão pesado com o acelerador, a bateria poderá render pouco mais de 320 km de autonomia.  

Tendo em vista, porém, que o atual NSX chegou ao mercado em 2016, a terceira geração do supercarro não deverá ver a luz do dia antes de 2023. Antes dele, o modelo híbrido de hoje ainda vai receber as versões roadster e Type-R para seus últimos suspiros com o combustível fóssil. Como dissemos na reportagem sobre o Honda Meeting 2017, a marca espera eletrificar 2/3 de todos os seus carros vendidos mundo afora até 2030. 

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemNovo NSX da Honda será elétrico puro

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor1 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário