Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 4 de junho de 2017

Motocicleta híbrida pode rodar duas horas em modulo elétrico

Os automóveis fazem cada vez menos barulho quando circulam na estrada, com muitos híbridos a poderem circular já durante alguns quilômetros com o motor de combustão desligado, e os elétricos a necessitarem de legislação para os obrigar a emitir um som para avisar transeuntes, pois eram considerados demasiado silenciosos. As motos não são tão silenciosas, já que existem poucos modelos que não sejam movidos a gasolina. Mas isso está prestes a mudar.

Da América chega a SilentHawk (gavião silencioso), uma moto híbrida que pode circular durante quase duas horas só com o motor elétrico. Promete ser tão silenciosa, que até o Pentágono, o serviço de defesa dos Estados Unidos, está interessado em colocá-las ao serviço. A SilentHawk não é só silenciosa, também pode carregar até 34 kg de material adicional, a uma velocidade de 135 km/h, com tração às duas rodas (sim, a roda da frente também tem uma transmissão) para poder atravessar terrenos difíceis. É ideal para agentes secretos.

A SilentHawk é construída pela Logos Technologies, que não é conhecida por produzir transportes. A maior parte dos seus produtos está relacionada com segurança e vigilância, incluindo sensores de movimento, drones e sistemas de câmaras. Por isso, parte da tecnologia vem de fornecedores externos. Os motores, as baterias e o sistema de recuperação de energia vêm da Alta Motors, que fornece um conjunto gerando 41 cv de potência combinada.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemMotocicleta híbrida pode rodar duas horas em modulo elétrico

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário