Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Dubai testa helicóptero elétrico e autônomo

O Volocopter é um novo veículo que pretende revolucionar a mobilidade nas grandes cidades, locais onde o trânsito intenso é uma constante. 

Este novo veículo pretende singrar oferecendo serviço de táxi aliado à condução autônoma. O Dubai autorizou já os primeiros testes deste meio de transporte revolucionário.


Este campo de desenvolvimento pela conquista dos céus com pequenas aeronaves com condução autônoma tem já reunido as atenções de um lote de grandes marcas como a Airbus, a Toyota, e também de iniciativas da Airbus, Uber e SureFly.

Produzido por uma empresa alemã, que teve a seu cargo todas as fases do projeto, o Volocopter pode definir-se como um helicóptero elétrico autônomo. A capital de um dos Emirados Árabes Unidos aposta na revolução da mobilidade, daí estar receptiva a propostas inovadoras como a do Volocopter. Por ali podemos encontrar outras sofisticações como o polícia robô.

No último trimestre de 2017 o Volocopter levantará dos céus do Dubai nos seus primeiros testes em ambiente real. O acordo com o governo do Dubai, vigente durante cinco anos, está englobado na estratégia de que em 2030 25% dos passageiros sejam transportados em veículos conduzidos por tecnologias autônomas.

A motorização elétrica do Volocopter é suportada por nove baterias intercambiáveis que lhe conferem uma autonomia de vôo de meia hora a uma velocidade máxima de 100 km/h. A lotação é de apenas dois passageiros.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemDubai testa helicóptero elétrico e autônomo

Publicado no Verdesobrerodas



Por MaisTecnologia conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário