Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Aston Martin deverá lançar modelo elétrico no próximo ano

Em 2016 a Aston Martin lançou o renovado DB11, que a Turbo teve oportunidade de testar, e este ano estreou o Vanquish S. Mas o plano de lançamento da marca tem ainda outras novidades, com a previsão da chegada no próximo ano do primeiro veículo elétrico (o RapidE) e do Vantage. Para 2019 é esperado o primeiro SUV, o DBX, mas o CEO da marca confirmou mais uma novidade nos próximos tempos, pois a aposta para 2020 é um rival do Ferrari 488. 

Segundo Andy Palmer, responsável máximo da marca “temos um carro [novo] todos os anos, ao longo dos próximos sete anos. Começa nos nossos carros GT, o DB11, o Vantage e o Vanquish. Em 2019 teremos o DBX, e depois teremos outro, vamos chamar-lhe um competidor do [Ferrari] 488”, revelou. O Diretor Executivo da Aston Martin destacou que depois de 2020 a marca vai reavivar a gama Lagonda, com o Lagonda One e o Lagonda Two, e a posterior introdução em 2023 do DB12, que coloca ponto final a este plano de produto.

Além da chegada de modelos desportivos que se integram no ADN e oferta atual do fabricante de Gaydon, fazemos referência para a expansão da gama com novas propostas para outros segmentos. É o caso o modelo Rapide disponível numa versão 100% elétrica, do SUV DBX e do regresso ao passado com o renascimento do luxuoso Lagonda. Destaque ainda para o facto de tanto o DB11 Volante (descapotável) como o RapidE não terem sido referidos pelo CEO nesta explicação da estratégia da Aston Martin.

O novo modelo agora confirmado, que tem a premissa de tapar o Ferrari 488, insere-se numa gama média de super-carros da Aston Martin, em termos de motorização. Para já, o único dado técnico que Andy Palmer divulga é a “facilidade em conseguir uma distribuição de peso de 50:50”. O automóvel receberá “algum ADN” do modelo Valkyrie e, apesar da gama ser inferior, vai introduzir algumas das características partilhadas posteriormente com o DB12.
 
VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemAston Martin deverá lançar modelo elétrico no próximo ano

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário