Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Volvo lançará XC60 versão plug-in

O XC60 é o mais recente capítulo do plano de transformação da Volvo. A marca sueca impressionou o mundo com o lançamento do 100% novo XC90 (rapidamente seguido pelos modelos S90, V90 e V90 Cross Country) e agora voltou «à carga» com o XC60.


O Volvo XC60, é o primeiro membro da família 60 a ser revelado.
Um modelo de importância vital para a marca: não só é o líder europeu na sua categoria, como é atualmente o Volvo mais vendido globalmente. Vamos conhecer os seus principais detalhes?

O XC60 também é construído sobre a plataforma SPA (Scalable Product Architecture), estreada no XC90. A sua flexibilidade e modularidade permite que sirva também os S90/V90 e os futuros S60/V60. Segundo a marca, a base SPA tem inúmeras vantagens, seja no aproveitamento de espaço, seja na obtenção melhores proporções. E claro, sem comprometer os níveis de segurança pelos quais a marca é conhecida.

A marca promete conforto e controlo ao volante do XC60, com ausência de rolamento diagonal, peso e feedback da direção dependente da velocidade, e até possibilidade de personalizar a dinâmica às nossas preferências. Para conseguir esse compromisso, tal como o maior XC90, o XC60 recorre a uma suspensão de braços triangulares duplos à frente e o Link Integral atrás, que contempla uma mola de lâminas transversal, em materiais compósitos (nas versões sem suspensão pneumática) – uma solução que poupa espaço.

O XC60 será lançado com cinco motores, todos eles com 2.0 litros de capacidade e quatro cilindros. São dois motores Diesel, dois motores a gasolina e uma motorização híbrida plug-in (gasolina/elétrico). Para já, o XC60 só está disponível nas versões AWD (tração integral) e caixa automática de 8 velocidades.


Dos cinco motores disponíveis, três serão lançados inicialmente em Portugal:
T8 Twin Engine AWD com 407cv.
D4 AWD com 190 cv
D5 AWD com 235 cv

Destaca-se o T8, a versão plug-in, que permite emissões de CO2 de 49 g/km e uma autonomia até 45 km em modo elétrico. Os restantes motores a gasolina poderão não ser comercializados no nosso país. O T5 é a única motorização que permite tração dianteira.
O Volvo XC60 terá três níveis de equipamento – Momentum, R-Design e Inscription. As boas notícias é que a nova geração será mais acessível que a anterior, graças sobretudo às emissões de CO2 inferiores.

No início de 2018 chegarão ao mercado nacional as versões de tração dianteira, com preços significativamente mais baixos e consumos mais moderados.
  
VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemVolvo lançará XC60 versão plug-in

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário