Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Chineses preparam modelos concorrentes da Tesla

Elon Musk já prometeu lançar o Model III este ano, um carro que ronde os 35 mil dólares. Recorde-se que o Model S começa nos 71 mil e o Model X SUV custa 143 mil dólares. 

No entanto, a concorrência chinesa está atenta e já está a desenvolver vários modelos “inspirados” no Model S que podem agradar a compradores com um poder de compra dentro da média.
A Tesla poderá estar a entrar numa batalha semelhante à que opôs a Land Rover a uma empresa chinesa que copiou os Evoque SUV, explica a Wired.

Na China, a mão de obra é barata, as cadeias de fornecimento já estão preparadas e há uma atitude algo relaxada no que diz respeito à defesa de propriedade intelectual, o que forma um conjunto de condições favoráveis ao surgimento de concorrentes e cópias.

O rival chinês mais posicionado para copiar a Tesla será a Le* Car, um projeto da LeTV, considerada a Netflix da China e liderada por Jia Yueting, que também fabrica as smart TV mais populares daquele país. O modelo desta empresa é descrito como um Model S com um estilo de hipercarro europeu e deve ser apresentado no Salão Automóvel de Pequim. 

Este projeto está a ser liderado por Tony Nie, fundador da Lotus Engineering na China, e já tem mais de 600 funcionários, muitos dos quais contratados diretamente na GM, BMW e Tesla. A produção deve começar no início de 2018. Outro potencial clone pode ser o Youxia Ranger X, que é um gêmeo do modelo da Tesla. A equipa de 50 engenheiros e designers terá finalizado o projeto em apenas 16 meses. 

Alguma da inspiração também vem de modelos da Lexus, Audi e Maserati. Os manípulos das portas estão ocultos, há uma tela tátil de 17 polegadas, o motor elétrico vai ter 348 cavalos, capaz de ir dos 0 aos 100 em apenas 5,5 segundos e está integrada uma solução para produzir sons de combustão artificialmente para o veículo ser notado.

Por seu lado, a Tesla já emitiu um comunicado a defender que está satisfeita «por ver o Model S e o modelo de negócio da Tesla como um benchmark para melhoria. Abrimos as nossas patentes para encorajar a utilização da nossa tecnologia de boa fé, não para facilitar a criação de imitações da Tesla, que não avançam com a inovação, nem ajudam ao movimento EV».

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemChineses preparam modelos concorrentes da Tesla 

Publicado no Verdesobrerodas



Por Exame Informática conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário